RE(IN)SSUREIÇÃO 

RODA VIVA 2019

NO RIO,
Q A PARIU 

EM 1968

Captura de Tela 2019-11-03 às 12.17.29

Chico Buarque no ensaio da peca roda viva, em 1968.

Flavio Império, arquiteto  cenógrafo de teatro, figurinista y eu, fomos  Convidados pelo jovem Poeta Músico Chico Buarque  pra Encenar seu Primo Canto no Teatro: “Roda Viva” .

Em dezembro de 1967 chegamos no Rio.

Chico foi quem investiu na  Produção da Peça. 

Já tinha sido criada uma Ótima Banda.

Começamos com  testes pra escolher um Coro com 4 Cantora(e)s. 

O Cenário do “Teatro Princesa Isabel” 

no Leme era a magedoura 

onde sería Parída “Roda Viva”

Criados Negros  vestidos á la  Debret

ensaiados pelos Donos do Pedaço a saudar o Público curvando o torso, cabeça , mãos, até o chão, elegantemente como no Século 18,

 o da Escravidão.

 

Num Repente

a Insurreição Mundial do Século XX em 1968; 

Invade aquele Cenário.

13 corpos de Indivíduo(a)s absolutamente diferenciados, 

q já faziam sem saber, um Coro

Vinham já com um Corifeu Imantado: o Cafúso Samuka, 

Cabeludo Black Power: Fenômeno!

Nijinski Tropical sem Pulos!

 Pés Na Terra

Imantando, dançando o Chão do Espaço: Plateia Palco.

Estes Invasores vinham d Planeta não percebido ainda: 

A TERRA IN SEUS CORPOS TERRÁQUEOS

Todas as revoluções inimagináveis daquele 68 aqui agora

q não diferenciavam Palco-Plateia; 

tocavam nas Pessoas  como si as Despertassem d um sono centenário.

Os Ensaios em minutos do “aqui agora” SALTARAM SÉCULOS! 

Desde a Antiguidade este “Coro Pré-Grego” foi buscado pelos Grandes Criadores  da História do Teatro Ocidental. 

OS COROS dos Musicais Americanos eram já cultuados,

no levantar das pernas rigorosamente juntas. 

O  Coro d improvisadores lucidamente possuídos, 

Time de Jogadores do Futebol Teat(r)al com o Público; 

nasceu Telúrico no Brazyl: 1º TROVÃO Do Ano D 1968.

Ensaios viraram Pré Carnavalescos. Portas Abertas. 

Buchicho surgiu y chegou aos 

Artistas na Assembléia Permanante Posto 9 Ipanema. 

Vinham fazer o Papel de Público Atuador

Uma dia: baixou Mick Jagger y a Estrela Africana,

Cantora  do Pata Pata: Miriam Makeba ao Vivo. 

Captura de Tela 2019-11-03 às 12.17.48

Marieta Severo, Antonio Pedro Borges, Heleno Prestes e coro. Foto: Acervo Flavio Imperio

17 de Janeiro de 1968: ESTREIA

 Efebos, Donzelas Fãs do Chico de “A Banda” 

Pasmos! O q? “Teatro de Agressão!?

Não como foi rotulada

Mas Iniciação  num Floramento Deflorado da Hora!  

Todas as Sessões Lotadas

“Roda Viva” seguiu pra SP no Teatro Galpão. 

Plateia também Lotada. 

 A “Milícia do CCC: Comando de Caça aos Comunistas,

assistiu umas 70 vezes a Peça.

No final d’um Espetáculo, in poucos segundos, deslancharam  a “Operação Quadrado Morto”  tentando apagar a RODA VIVA”.

Destruíram as cadeiras do Teatro, subiram nos Camarins

 PARA-MILITARES do Patriarcalismos, 

bateram nas Mulheres Atrizes, 

a divina Marília Pêra foi a que mais apanhou .

Em SamPã substituia a lindíssima Marieta Severo, no papel d Juliana, mulher do Ídolo da Peça no Rio.

Na TV Tupy, 100% de Audiência Entre os apoiadores do Ataque x Líderes da Classe Teatral nos Movimentos d 68  . 

Os mais Conservadores do Teatro, estavam apreensivos :

Será q vamos toda(o)s ter de fazer este tipo de Teatro?

Manhã do day after do Ataque: Cacilda Becker, declara na TV :

“TODOS OS TEATROS SÃO MEUS TEATROS”

À Noite  o Teatro estava Reconstruído!!!!

Multidão Dupla Populosa: dentro y fora da Teatro. 

A de Fora , na Rua  com estudantes da “Faculdade de Filosofia da Maria Antonia” y de Toda a Cidade, faziam uma Roda d “Segurança”

Coroada de Hera, Silvinha Werneck com um Pedaços de Pau,

era a Graça d  Boticelli 

Em Porto Alegre no Imenso Teatro Leopoldina montei Roda 

y voltei pra SamPã.

Nesta Noite, o  3º Exército Invade o Elenco no Hotel , 

fugindo dos quartos, pras Escadarias,  artistas y técnicos 

perseguidos por cassetetes.

Sangue nas Paredes, Degraus do Hotel…

A Famosa  Vedete Elizabeth Gasper q fazia o Papel de Juliana no Sul, 

y o Violonista Zelão, foram raptados, levados  pro mato, 

ameaçados de estupro. Num Ônibus de volta a SamPã,
enfiaram todo Coro y Protagonistas amontoados Sangrando.  

O 3º Exército proibiu em Todo Território Nacional “RODA VIVA. 

Prenúncio do  atualmente famoso “AI 5”.

Violências com q esta Florada Cultural foi Massacrada nos Corpos de Cada Pessoa  inventores d’um Teatro Musical Brazyleyro Mundial, nunca Visto.

Prometi a mim mesmo: isso não fica assim. 

Longa abertura, Restrita, Gradual” da Ditadura 64

voltando do exílio

Retorna o Desejo de Encenar esta Obra Prima Tão Sacrificada.

Vem a Busca de recriar aquele  Coro no Teatro Oficina Uzyna Uzona, Só foi  foi encontrado em  “BACANTES”.

Levados pela  Justiça Justa d Xangô  

Começamos a Desejar re-encenar o Tabú Máximo do Teatro Brasileiro: “RODA VIVA”

Chico não autorizava, achava sua primeira peça fraca. 

Mas eu insistia: ”O Primeiro Canto” é Célula Mater d toda Arte Futura..

Depois do GolpInpchment d Dilma em 2016 Chico Libera a Peça!

28 de Outubro d 2018 Aniversário dos 60 anos do OFICINA 

Data da Vitória Eleitoral do Bolsonaro

Cantando pra não Chorar, na madrugada 

 Decidimos: Vamos montar Roda Viva 2018-19” .

Em 1968 não tinha INTERNET

Nem Música Sertaneja Universitária Filha do AgroNegócio.

Neste mesmo Lap  Comunicador 

onde estou agora, 

mãos à Obra :

reescrever “RODA VIVA”

atento a preservar os versos, 

rimas preciosas,

Estrutura do Enredo de um auto religioso

Bem Tramado d Chico. 

Catherine Hirsch, q assiste no Teatro Oficina 

Ensaios  y Espetáculos já in Cena 

Desempenha o Papel da Multidão-Público.

Como o Pov(o) Público é o q mais me Interessa como Amante

Ela é Minha Diretora; 

O Jovem Nolram, recém chegado do Acre, competente na digitação

 y entendido de Sertanejo Universitário .

Os Três viemos pra este Comunicador

Renascia na Escrita: “Roda Viva 2019”.

Ensaios com Multidões: Coros, 

Atuadores mais Experientes na Protagonização. 

Banda, Luz, Som, Arquitetura Cênica, Figurinos, Diretores de Cena, Vídeo, Contra Regras: um TYAZO DIONIZÍACO.

Amores, Amados, Amantes, progressivamente atuando 

cada noite mais ao Vivo

A Incorporar Além do Bem y do Caos

2019 o PIOR ANO de Todas Nossas  Vidas 

mas q acabou  Criando uma Primavera Cultural no Brazyl!

Captura de Tela 2019-11-03 às 12.14.36

Arte de Igor Marotti sobre fotos de Jennifer Glass, Paula Caldas e fotógrafos que nos seguiram durante a temporada de Roda Viva em São Paulo.

RODA VIVA NO TEATRO OFICINA

Lotou Todos, absolutamente Todos Espetáculos q fizemos em SamPã.

Não há melhor treino pra criação ao vivo no Teatro

q Fazer Espetáculos Todos os Dias com o Lugar Lotado d Pessoas : 

Atrizes, Atores, Coros, Música(o)s, Técnica(o)s Improvisadores… 

Enfim todo Tyaso assim foi crescendo, chafurdando no q é a Novela dos dias d hoje o Jornalismo y a prática da cosmo-política foi comendo tudo y se prepara agora pro o Banquete com o Público Carióca.

Captura de Tela 2019-11-03 às 12.15.15

A Internet (Clarisse Johansson e Kael Studart), Ben Silver (Roderick Himeros) e o Câmera Ligada (Igor Marotti). Foto de Jennifer Glass, no Sesc Santos.

Meu Ator Zé Celso, Inicia o Espetáculo sempre como um Corifeu  ensaiando o Público Atuador, de pé, estendendo seus braços pra diferentes Focos da Ação, numa Trilha Musical q Corre todo 1º Ato.

Fácil de captar. 

Depois Rezamos com Villa Lobos y Manuel Bandeira pra divindade panteísta: a Natureza nos transmitir nossa força d ação. 

O Público nos Teatros como o Maravilhoso Teatro da Cidade  das Artes se vê Espelhado num Celular Imenso  y em Telonas. O Câmera Ator Igor Marotti, filma em dois imensos planos sequência no 1º y  no 2º ato , q são projetados sempre ao Vivo.

Projetados  no Celular, as Pessoas do Pública(o) se veem y passam a ser Público Atuador em todo decorrer da peça. 

Sendo Xamado de IÁ! = O SIM DO SIM: o Oposto ao AI!

Vamos devorando formas y estilos gastos

 da Vida até a Morte y a Ressureição na Insurreição

 q estamos todos já quase ouvindo, mesmo sem saber 

no latejar do IN-SURGIR.

Pela 1ª Vez em minha vida

Eu estive presente em todos os espetáculos com meu assistente Beto Eiras do lado.

Anotamos descobertas de cada lance diário. 

Entro às vezes em Cena, 

sem maquiagem vestido sempre de Branco

ou com um Poncho dos Índios  Tarahumaras,  

Tribo no México em q Artaud

 tomou peyote  nas giras com Índios 

Gargalhando, Peidando em Rodas Vivas nos Altos Morros. 

Recebemos os Fluxos do Brasil y do Mundo 

In Re-Insurreição d Terráqueos

In Barcelona, Líbano, Hong Kong, 

Argentina, Equador,  Peru, Chile com os Índios Mapuche,

Das Mil Tribos no Território América Latina Brasil,

Brotam os talentosos Xamãs Intelectuais Contemporâneos

Negros Haitianos, Americanos, Africanos

“Roda Viva 2019” introduz  a gíria dos mêmes da Internet 

na Língua do Teatro ; 

no movimento q, Terráqueos q somos,

ameaçados de Extinção, 

mas numa progressão regressiva a 

subjetividade do meu Corpo meu Território.

Um Corredor estará Aberto na Plateia pra comunicação forte

com Todas Pessoas neste Imenso Teatro.

Todo Elenco y Público ligado 

no Mundo in Mutação pro seu fim ou seu renascimento

Vamos agir juntos Público pra não Extinção da Terra.

Pra nosso  Re-Nascimento como Terráqueos.

Captura de Tela 2019-11-03 às 12.15.00

O Coro canta Caravanas, de Chico Buarque – Kelly Campello, Nolram Rocha, Tulio Starling, Cafira Zoé, Mayara Baptista, Marcelo Dalourzi, Tony Reis, Kael Studart, Camila Mota, Danielle Rosa, Sylvia Prado, Fernanda Taddei, Lina, Wallie Ruy, Cyro Morais, Gabriela Campos, Clarisse Johansson… Foto de Jennifer Glass.

Descobrimos a Alegria Poderosa da “Roda Viva” 

Nos anos 60 a MPB cantava esta Obra Prima de Chico 

com Tristeza d Vítimas. 

Mas a Roda Viva gira sempre a favor de Mais  Vida.

Por mais q queiramos segurar nossa Saudade

fazendo o Tempo parar,  a Roda Viva nos passa uma rasteira

 y nos põe de pé de novo em situações inesperadas q assumimos 

na Alegria Intensamente Trágica, Cômica y Orgiástica.

Somos Moídos por Ela, sobretudo nos momentos de um mundo q agoniza y ainda quer nos levar junto, mas q ao mesmo tempo nasce esta RODA VIVA  relembrando o q é Viver ao Vivo. 

chile mapuche

Chile despertó

O Fim da Terra , o Levante dos Mares, o Degelo das Groenlândias, as ondas de fascismos se transmutam na “RODA VIDA DA VIDA VIVIDA”

q coça com o Erguer-se  dos Povos Terráqueos 

Índias-Índios vem vindo de baixo pra cima. 

Chegou a Hora:

Coragem y Muita Alegria.

O Carióca tem Humor na Pele, pra Nós do OficinaUzynaUzona

chegar à Cidade Sempre Maravilhosa 

é  encontramos com  Nosso Público Namorado 

O mais Amado

Mais q nunca Amantes y Amados, 

vamos  gozar juntos na “Roda Viva” 

pra q o Mundo não Acabe.

Estou doido pra este nosso Re Encontro inspirado in Éros.

“Roda Viva” vai nos unir na ação, mais q Nunca.

Zé Celso Amante

 

31 d Outubro dia das Bruxas

Xamando todos os Santos y Todos os Mortos pra estarem na nossa Estreia dia 8 no Teatro da Cidade das Artes na Barra da Tijuca.

MERDA

 

lina-e-teatro

 

AMADO PÚBLICO CRIADOR

DESTA PRIMAVERA CULTURAL DO BRASIL

Teatro Oficina está a perigo.

Mas na reta final da benfeitoria.com/oficina !

na qual foi contemplado pelo Edital matchfunding BNDS

q para cada real doado pelo nosso Amado Amante Público

o Valor é Triplicado.

 

O  Teat(r)o Oficina, de Lina Bo Bardi e Edson Elito

Patrimônio Material e Imaterial do Brasíl e do Mundo ,

precisa, URGENTE :

1- de uma reestruturação emToda a sua Rede Elétrica,

2- do Piso Original de Madeira

3- Portal dando para o Entorno Tombado do Teatro Oficina:

O Teatro Parque do Rio Bixiga

Tapumes de Madeira provisórios foram erguidos atualmente na precariedade radical

Isso Por q Numa Tempestade do Verão passado

a Árvore Cezalpina,  q há 25 anos foi plantada pelas Mãos de Lina Bardi,

cresceu, adiantando-se a nos mesmos

atravessando o Muro  q separava o Teat(r)o Oficina do seu Entorno.
Esta Árvore Totem, em sua rebeldía vital constante, num rolê, durante uma forte chuva do Verão d 2019, Derrubou o Muro  q a sufocava e nos separava do Imenso Terreno do nosso Entorno.

Esta benfeitoria propiciará O PORTAL PARA NOSSO ENTORNO TOMBADO.

O Teatro Oficina foi Tombado pelo Presidente do Condephaat Aziz ab’Saber em 1982.

Como Geografo Cientista q era, percebeu

o Vale do Rio Bixiga e libertou 300 metros de Diâmetro no Entorno, q transcendem o Terreno de Silvio Santos,

abrangendo do Castelinho da Brigadeiro

até o TBC e a Casa de Dona Yayá .

Hoje é a Árvore Sagrada do Terreiro Eletrônico  do Teatro OficinaUzynaUzona.

 

A Continuidade, com  Segurança, de nosso Trabalho Teat(r)al e com o apoio de vocês, Público Amado, não é uma Ação Solitária.

Faz parte de um Inesperado Movimento Cosmo Político do Povo q Ama a Cultura  e está Bancando toda Cultura Brasileira, Renascida não somente no Teatro, como no Cinema, na Música, nas Artes Plásticas, que, Ressurgidas na Cultura da Multiplicidade, por todas novas Manifestações, estão criando,

pasmem ,

FLORADA DE PRIMAVERA CULTURAL BRAZYLEIRA D 2019.

 

Os Teatros Todos, os Filmes Brasileiros, os Shows, os Concertos de Música, Exposições, estão todos Lotados com Obras inspiradas e tornadas possíveis neste Movimento.

O próprio Estado Tomado pela Anti-Cultura  Fascista e Burra acabou propiciando  este Movimento com sua Censura Céga.

Esse Movimento é novo, está nascendo dos Artistas  com seu Público

mais precisamente Povo Brasileiro y Mundial, Amante da Arte de Viver.

Esse movimento é Tão Forte q  Instituições Culturais BancáriasEmpresariais, já estão começando a se tocar

Sacando q este movimento é o da defesa da TERRA VIVA.

Zé Celso

A Primavera é quando ninguém mais acredita

e Ressuscita … por Amor

 

Viva Zé Miguel Wisnik
Poeta da Primavera Brazyleyra

AMADO PUBLICO CRIADOR DESTA PRIMAVERA CULTURAL DO BRASIL

patrimonio vivo

Teatro Oficina está à perigo.

Mas na reta final da benfeitoria.com/oficina

na qual foi contemplado pelo Edital matchfunding BNDES

q para cada real doado pelo nosso Amado Amante Publico

o Valor é Triplicado.

O  Teat(r)o Oficina, de Lina Bo Bardi e Edson Elito

Patrimonio Material e Imaterial do Brasíl e do Mundo ,

precisa, URGENTE :

1-de uma restruturação emToda a sua Rede Elétrica,

2-do Piso Original de Madeira

3- Numa Tempestade do Verão passado a Arvore Cezalpina

plantada pelas mãos de Lina Bardi em 1986, hoje  Arvore Sagrada do Terreiro Eletrônico  do Teatro OficinaUzynaUzona,  Num rolê, durante uma forte chuva, Derrubou o Muro  q a sufocava e nos separava do Terreno do Entorno.

Tapumes de Madeira foram erguidos precariamente, mas esta benfeitoria propiciará a

Construção de um Portal para o Entorno Tombado do Teatro Oficina:

O Teatro Parque do Rio Bixiga

A Continuidade com  Segurança de nosso Trabalho Teat(r)al com o apoio de vocês,  Publico Amado não é  uma Ação Solitária.

Faz parte de um Inesperado Movimento Cosmo Politico do Povo q Ama a Cultura  e está  Bancando toda Cultura Brasileira, Renascida não somente no Teatro como no  Cinema, na Musica, em todas novas Manifestações q criaram esta FLORADA DE PRIMAVERA CULTURAL.

Os Teatros Todos, os Filmes Brasileiros, os Shows, os Concertos de Musica estão Lotados com Obras  inspiradas na não dependência  da situação do Estado Tomado pela Anti-Cultura  Fascista e Burra.

Nesse Movimento vindo do Publico pode ainda contagiar algumas Instituições BancáriasEmpresariais para que se juntem ao nosso coro.

Zé Celso

A Primavera é quando ninguém mais acredita

E Ressuscita por Amor

Viva Zé Miguel

4ª Feira 28 de Ah!Gósto ás 14:30 na Câmara Municipal  de São Paulo VENHAM Y ATUEM

 

-os y as Humanas do Brasíl y do Mundo q desejam uma  São Paulo , mais SamPã, mais verde , mais respirável,

 

-as y os  q já brincaram no Domingo do Abraço do Parque do Bixiga ,na tarde de  26 de Novembro  2017,

 

-as y os q  desde o ano passado lotam o Teatro Oficina com a  a “Roda Viva “,

 

-as y os q em  todos os Tempos seguiram as  Inumeras Encenações Históricas  do  Teatro Oficina

 

-as y aos q há  40 anos , vivem a Belíssima  Luta  Épica Teat(r)al com o Grupo Silvio $antos  pelo Vale do Rio Bixiga:  300 Metros de Entorno Tombados  pelo CONDEPHAAT pelo Cientista Geografo Aziz ab Saber ,na Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo,na gestão do Pianista João Carlos Martins y do Conselheiro Arquiteto, Artista Plastico, Cenografo Flavio Império , Vale q vai do Castelinho da Brigadeiro até o TBC y a Casa de Dona Yayá. *

 

-as y os q amam a Arquitetura Urbana de Lina Bardi y Edson Elíto para o Entorno do Oficina q riscou    um Teatro de Estadio criado na Topografía ARQUEOLÍGICA do Terreno de nosso Envoltório, como os Teatros Gregos esculpidos na Pedra

 

-as y aos  q não se conformam com a atual Repressão Cultural da riquíssima Cultura Brazyleira ,com Z e Y de Glauber Rocha na Tropicália Antropófaga!

 

-as y aos  jovens q despertam agora pra Vitalidade da Luta Cultural ameaçada pela burrice dos desgovernos atuais ,

 

-Todas y Todos são Xamadxs  para 4ª Feira pra estarem na Câmara Municipal de São Paulo ás 14:30h para atuarem na Aprovação do “Parque do Bixiga“

 

-O Projeto do Vereador Gilberto Natalina do Partido Verde para o “PARQUE DO BIXIGA “já passou y foi aprovado em todas as Comissões Internas Necessárias.

 

Agora vai pra sua Primeira Votação no Plenario da Câmara Municipal .

No Total serão duas Votações e é fundamental q vença nas duas para  termos uma lei q garanta q o Terreno Todo seja um Espaço Público.

 

O Projeto Lei é também assinado por Eduardo Suplicy, pelos Vereadores: Reis(PT),Mario Covas Neto ( PODEMOS),Toninho Vespoli ( PSOL), Antonio Donato (PT),Gilson Barreto(PSDB),Juliana Cardoso( PT),Toninho Paiva(PL)

E Soninha Francine(CIDADANÍA)-demonstrando q o Parque é uma Pauta de Diversos Partídos y Populações.

4ª 28 será uma Tarde Histórica no sentido da Vitória sobre a Especulação Imobiliária q cobiça a destruição do Bairro Centro Periférico Urbano do Baixo Bixiga q  renascerá pra continuar com seus moradores revalorizados

como riquezaa humana y artística potencialidazada.

 

Este Acontecimento está ligado á Luta Mundial pelo não assassinato do  Planeta Terra. Como os Povos Indígenas Sagramos estas Terras q nós

Cultivamos com os Rituais Teatrais Antrofagiado de Todos os Povos y Culturas do Mundo.

Queremos Libertar a Natureza q nos Cerca pois somos Terraqueos

Y não podemos ser esmagados pelas Torre$ DA ESPECULAÇÃO IMOBILIÁRIA

A Luta é pela LIBERDADE DAS TERRAS EM Q ATUAMOS,NOSSO ENTORNOS  Y TUDO Q  POSSA DAR MAS PODER Á VIDA HUMANA, ANIMAL,VEGETAL, NATURAL, AMORÓSA.

 

 Zé Celso

 

Atuador da Associação Teatro Oficina Uzyna Uzona

 

Há um Fluido de Revolução

Há 4 metros do Chão:

O Rio Bixiga

 

Paraíso, 27 de Ah!Gósto de 2019

 

 

*(No Golpeachement de 2016 os Orgãos todos os Orgãos  Nacionais, Estaduais, Municipais de  Proteção dos ESPAÇOS CULTURAIS Foram Golpeados, em favor da Especulação Financeira, mas o Teatro Oficina não reconhece y continua apoiado no Tombamento Científico de Azis  Ab Saber,Cultural de João Carlos Martins y DA ARTE DEVFlavio Império)

DESDE DIA 7 DE ABRIL
PRISÃO DE LULA
NÃO ESCREVO NO MEU BLOG
É MAIS FÁCIL PRA MIM NESTE INSTANTE
A COMUNICAÇÃO IN CENA
OU EM ENTREVISTAS
E ENCONTROS EM “AULAS MAGMAS”

NEM SEI SI DEVO PUBLICAR ESTA AGENDA
NO MEU BLOG
NESTE MOMENTO EM Q O MUNDO Y NÓS
BICHOS HUMANOS VIVEMOS
UM MOMENTO DE VIRADA

SENTEI NO COMPUTADOR
PRA ESCREVER UM TESTEMUNHO MEU
DESTE MOMENTO DA “PAIXÃO Y DE
TORMENTO”
MAS NÃO CONSEGUÍ

DECIDÍ SIMPLEMENTE DEDICAR ESTES
DIAS
À ARTE TEATRAL Q CRIAMOS NO TEATRO
OFICÍNA TERREIRO ELKTRÔNIKO
POR QUE ESTA ARTE VIVA AO VÍVO
ESTÁ SEMPRE EM MUTAÇÃO RITUAL

NESTE INSTANTE
COMO EM TODOS CORPOS DO MUNDO
VIBRAMOS PELA VIRADA DEMOCRÁTICA
NO BRASIL Y NO MUNDO .

 

virada_para blog do ze

ato da virada em Salvador – 26/10 | Foto: Ricardo Stuckert

TINHA IMAGINADO ESTREAR “RODA VIVA
2018” NESTE DIA 28 DE OUTUBRO
EM Q O TEATRO OFICINA FAZ 60 ANOS.
E DEPOIS VIVER O PRAZER DE ESTAR COM
O PÚBLICO NOS DIAS MAIS PROPICIO AOS
RITUAIS TEATRAIS:

NOITE DO DIA 1º DE NOVEMBRO : “TODOS
OS SANTOS”
Y 2 :“FINADOS”

DIA Y NOITE DOS MORTOS

MAS SÓ CONSEGUIMOS CONDIÇÕES DE
TRABALHO COM O APOIO DO “ITAÚ
CULTURAL” PARA OS ENSAIOS Y COM O
PRODUÇÃO Y ESTRÉIA DE “RODA VIVA
2018” NO SESC POMPÉIA, NO TEATRO
SANDUÍCHE DE LINA BARDI.

NOSSA BRUXARÍA NESTE NÓ DA HISTÓRIA
HUMANA
LIGADOS EM TODXS XS BRASILEIRXS
Y MUNDIAIS
VAMOS VIVER UM RETIRO INTERNO DE
AÇÃO TEATRAL RE-INS-PIRADO
PRA ATRAVESSARMOS ESTES DIAS
ENSAIANDO O 2º ATO DA PEÇA
SICRONICAMENTE COM APURAÇÃO
DO 2º TURNO

PERSONAGEM NOVA:
Campanha Eleitoral Bilionária WhatZápica
Robôs , Caixa 2
muitos gramas de Ódio Injectado
X
À Perigo:
Vida Lívre ao Vívo ,Corpo a Corpo,
Comícios,ManiFESTAÇÕES,Notícias,
,ATOS ,TEATOS CARNAVAL.

arte demo_ cafira_ para blog do ze

arte pela democracia, 26/10 – praça da Sé | Foto: Rudifran Pompeu

Ontem dia 26 Descanso de Guerreiras y
Guerreiros da “Caravana Roda Viva 2018”

HOJE : Sábado TRÉGUA

16h
Entrevista sobre o Amado Abujamra
Filmada por uma das Mulheres Artistas de
Teatro da Dinastia q leva este nome :
Abujamra: a Marcia

18h-A Caravana Entra no 2º Ato de “Roda
Viva 2018”
Recebendo as Vibrações
das TragiCômicaOrgiástica Eleições
Pra VIRAR DI NOVO
“RODA VÍVA 2018”

SEJA QUAL FOR O RESULTADO
BOTANDO FÉ NA VIRADA
Q O TEATRO :
UMA ANARQUIA
VAI DAR NESTE MOMENTO DE PERIGO
IN Q SI JUNTANDO À LUTA GERAL PELA
DEMOCRACÍA
AQUI NO BRASÍL Y NO MUNDO
ÀS CARAVANAS Q CHICO BUARQUE
CRIOU

DOMINGO

DIA 28 RITUALIZAMOS O ANIVERSÁRIO
DOS 60 ANOS DO OFICINA Q SÃO OS Q ME
ENTREGUEI À ESTA BRUXARÍA
AFINADOS
DESAFINADOS
DESAFIÁDOS
A RECRIAR A NOVA VIDA DA PEÇA
Q ENSAIMOS ANTES
DIA 24
QUANDO CAPTAMOS
A ALEGRÍA DA VIRADA
DE FERNANDO HADDAD NAS PESQUISAS
DO IBOPE EM SAMPÃ
NUM GRAN FINALE

Q RETORNA A OUTRO RE-INICIO
REINICIAÇÃO NO Q DER Y VIÉR


REINSPIREMOS NOS
COM NOSSOS CÚS ABERTOS
NA FORÇA DOS PERÍNEOS

MERDA

HOJE, DIA 7 DE ABRIL DE 2018, AS PESSOAS DO POVO COM LULA NA PRAÇA DO SINDICATO DOS METALÚRGICOS, NESTA FOTOGRAFÍA DO TALENTOSO JOVEM FRANCISCO PROENER, DE 18 ANOS, CRIAM A MANDALA HUMANA DA PRIMAVERA BRAZYLEIRA DE 2018.

LULA_7_ABRIL_2018_FOTO_FRANCISCO_PRONER

FOTO DE FRANCISCO PROENER

 

COMO ACONTECEU EM 68 DEPOIS DA EXECUÇÃO DO ESTUDANTE EDSON LUIS;

DA TAMBÉM EXECUÇÃO DE MARIELLE PRESENTE EM 2018;

COM O PÚBLICO DE  “O REI DA VELA”;

COM OS BLOCOS DE CARNAVAL COSMOPOLÍTICOS;

COM OS ENREDOS COSMOPOLÍTIZADOS DAS ESCOLAS DE SAMBA DO RIO;

COM AS LUTAS DOS ÍNDIOS NAS TERRAS DO BRASÍL

COM OS MOVIMENTOS SOCIAIS Q HOJE CRIARAM COM LULA Y POVO, DEPOIS DA MISSA ECUMÊNICA PARA MARISA LETÍCIA, UMA “FRENTE DEMOCRÁTICA PELA RECONQUISTA DA DEMOCRACÍA NO BRASÍL”

NESTA FOTOGRAFÍA TATUADA  NA TERRA DE SÃO BERNADO PRO MUNDO;

NESTA HORA DURA PRA LULA Y PRA NÓS ; 

EM Q ELE DECLAROU PLENO DE EMOÇÃO Q AGORA SOMOS TODOS LULA FAZENDO-NOS ENTENDER Q IRIA SE ENTREGAR À SUA PRISÃO NA CONDIÇÃO DE PRISIONEIRO POLÍTICO.

DAÍ SALTOU DO PALANQUE PROS BRAÇOS DO POVO EM SÃO BERNARDO CARREGADO PELA MULTIDÃO.

NA FOTO LULA JÁ ESTÁ NO PONTO CENTRAL . 

NA MULTIDÃO, CADA PESSOA ESTÁ EM CADA UM DOS QUATRO CANTOS DA PRAÇA DO SINDICATO DOS METALÚRGICOSMIRANDO COM O FOGO DE SEUS OLHOS DIRETOS EM LULA Y ASSIM  CRIAM DAS 4 LINHAS DE ONDE CONVERGEM CRUZANDO-SE NO PONTO CENTRAL ONDE ESTÁ LULA.

É COMO A CRIAÇÃO DE UM TERREIRO TEATRAL: 

DEPOIS DE RISCAR A PARTIR DOS QUATRO PONTOS DO ESPAÇO; 

4 LINHAS, COM PÓLVORA RISCADAS SE CRUZANDO NO CENTRO DO TERREIRO CÊNICO, ATÉ Q ACENDENDO COM FÓSFOROS OS 4 PONTOS  DO ESPAÇO; FAZ-SE COM Q O FOGO CORRA PELO SEU CRUZAMENTO, MARCANDO O PONTO EM Q O ESPAÇO PASSA A SER:

O CENTRO DO UNIVERSO

 A FOTO CRIA UMA MANDALA DA PRIMAVERA BRAZILEIRA 

Q VAI DAS 4 LINHAS  INSPIRADAS, EXPIRRADAS DE TODA NOSSA FORÇA DE POVO, CONDENADO PELOS GOLPI$TAS A 20 ANOS DE ARROCHO: AO ENCONTRO EM Q O MOVIMENTO DE LIBERTAÇÃO PASSA A SER O:

CENTRO DO UNIVERSO.

Quando se cria um Centro de Energia, como nos Terreiros de Candomblé y Umbanda;

nos Centros Espiritas; nas Aldeias Indígenas; no Teatro Oficina; cruzando a Pólvora no Espaço, este Ponto faz convergir para o Espaço de Atuação todas Energias Materiais do Cosmos: Cria-se um CENTRO MAGNÉTICO

Hoje em São Bernardo, o FOGO DA PÓLVORA FOI O DAS MULTIDÕES ACENDENDO O FOGO PACÍFICO DA LUTA COSMOPOLÍTICA DO POVO BRASILEIRO

PRA DERRUBAR  O FASCISMO Q RUGE HOJE NOS ROJÕES – Q APAVORAM OS CACHORROS 

Y

PRA RECONQUISTA DA DEMOCRACIA NO BRASÍL Q COM OS GOLPES DIÁRIOS

DESDE O IMPEACHMENT DE DILMA

Q ATINGEM NOSSOS CORPOS,

ATÉ O SER VIVO DO NOSSO PLANETA CHAMADO: TERRA

NÃO SOU DE PARTIDO NENHUM, MINHA LUTA ESTÁ SOBRETUDO NO TEATRO Q FAÇO HÁ 60 ANOS.

AQUI CLAMO:

AMO O LULA!

NO GOVERNO DÊLE O MINISTÉRIO DA CULTURA PASSOU PRO ANTROPÓFAGO DA TROPICÁLIA: GILBERTO GIL 

Y A SEGUIR PRO ECOLOGISTA JUCA FERREIRA 

Q NOS FIZERAM CORRER O BRASIL MUITAS VÊZES 

COM AS 5 PEÇAS DE “OS SERTÕES”;

AS 4 DAS DIONIZÍACAS;

ALÉM DE NOS DAR CONDIÇÕES PRAS NOSSAS VIAGENS PELO EXTERIOR COM DIFERENTES PEÇAS 

Y PRINCIPALMENTE POR TER TIRADO DA MISÉRIA MAIS DE 40 MILHÕES Q ESTAVAM DA LINHA DA FÓME; SOFRENDO A CORRUPÇÃO MAIOR: 

A MAIOR DESIGUALDADE DE TODOS OS TEMPOS NA HISTÓRIA DA HUMANIDADE. 

VAMOS COM NOSSA FORÇA DE LEVANTE NESTA PRIMAVERA BRASILEIRA

TIRAR O LULA DA PRISÃO Y EXIGIR Q ELE TENHA ENQUANTO LULA LÁ PERMANECER: TELEVISÃO, INTERNET NO SEU QUARTO ESPECIAL NA MASMORRA DO TARTUFO HIPÓCRITA, MORALISTA SERGIO MORO.

O MORALISMO FASCISTA SERVE PRA ENCOBRIR A MAIOR CORRUPÇÃO: A IMENSA DESIGUALDADE MUNDIAL: REPÍTO: A MAIOR DA HISTÓRIA HUMANA

TODO AMOR DO MUNDO; TODO HUMOR Y MUITO MAIS

ZÉ CELSO

 

MERDA