A Macumba começa a fazer seus mágicos feitos

São 16h45′,
a Sol projeta Céus
tiras brancas de nuvens
Ciclorama Azul
até as nuvem irem escurecendo
coroando com um cinza-poluição
os Arranha-Céus.

Escrevo da janela
do Estúdio
Paraíso…

… agora são 17h37′, volto depois de antender Telefonemas  plugados nos efeitos extraordinários que a “Macumba Urbana Antropófaga” está produzindo,
também mudei de locação,
minha janela dá para o PLANETÁRIO IBIRAPUERA
que nada
Marcelo Drummond acaba de me dizer que não é,
que é a ÓCA.
E eu semprei pensei que meu quarto de dormir desse para o IPIRAPUERA!?

Há na minha frente uma Cúpula Cercada de VERDE e Totalmente coberta pela Poluição.

Mas à noite vai dar pra ver estrelas e a Lua.

Meu Cavalo está Pesado da Estiva do último ensaio corrido, hoje é dia de des-canso.

E eu não consigo sair do Neg-Ócio
quero o Ócio.

É q hoje é um dia histórico na vida dos 50 anos do Teat(r)o Oficina

A Novela em cartaz há mais de 30 anos:
OficinaUzynaUzona & GrupoSS
atinge seu Clímax
na ALEGRIA:

Sílvio Santos me liga propondo nos encontramos
para resolvermos entre nós a questão dos Terrenos.

Sincronias: ontem comecei a ver o Maravilhoso Filme “O CAPITAL” de Alexander Kluge.

São 9 DVD’s, vi 2/3 da 1ª parte, é deslumbrante  e bem menos longo que as 27 hs de “Os SERTÕES”, do OficinaUzynaUzona.

Eisenstein teve a 1ª idéia de filmar “O CAPITAL” quando leu “ULYSSES”, de James Joyce. Seu filme passaria-se não num dia como o de Harold Bloom, mas numa noite com toda a Humanidade.

Kluge considera, como eu, Marx um Poeta, e faz um filme esteticamente nada a ver com o “realismo socialista”, ou com o Marxismo virado fundamentalismo.

Numa sequência duas atrizes, representando mulheres da RDA, a Alemanha Comunista, estudam Marx do ponto de vista da quantidade de águas que temos no Corpo e de como essas águas se comunicam, rompendo os limites de nossas peles, e plugadas nos despertam a percepção que somos um Oceno com calmarias, Tsunamis e Revoluções.

É Marx pra lá de sua personagem: “O CAPITAL”. Muita gente pensa que Marx é o CAPITAL. Não. Ele é o POETA q expôs a MAQUINARIA TODA DESTE SISTEMA a nu.

Mas sabia que tínhamos o Poder como Humanos e Seres Naturais de comermos este sistema em que todos estamos envolvidos com a inteligência de nossa Ação, humanos além das classes, religiões, ideologias.

Pois é, o encontro com Sílvio Santos foi o de nossas Águas, acima de nossas lutas, classes, pessoas jurídicas, da personagem Vídeo-Finaceira, e do Diretor Teatral. Disse a ele que senti orgulho de nosso entendimento, pois somos um exemplo pro mundo.

Imagine se Palestina e Israel se encontrarem nas águas de seres humanos que tenham o Poder de decidir sobre o fim de uma guerra idiota?!

Depois Sílvio falou para meu Trans Secretário, Chefe de Gabinete, Valério Peguini, que não está a fim de deixar aqueles terrenos ociosos, como empresário não desja empacar o Oficina, nem quer que o Oficina empaque o Grupo Silvio Santos. Pragmático.

E vamos nos encontrar pra falarmos de gente a gente.

Glória!

Nesta mesma data histórica recebo o documento publicado no DIÁRIO OFICIAL a pedido da MINISTRA DA CULTURA Ana Buarque de Hollanda, carimbado com a rubrica, rubra, vermelha: URGENTE,  criando uma Comissão para em 180 dias dar seu parecer técnico sobre a troca de terrenos, a construção ou não pelo próprio MINC do “ANHANGABAÚ DA FELIZ CIDADE”.

O Governo Brasileiro, finalmente assume oficialmente esta questão colocada pelo parecer do IPHAN quando tombou o TEATRO OFICINA como Patrimônio Artístico e Cultural do Brasil.

Entretanto uma pessoa mais pragmática que eu perguntou:

O quê ? 6 meses ? Como conciliar a negociação com um empresário que sabe que Time is Money, com 6 meses de apreciação pelo MINC ?

Pra falar a verdade não sei. A ‘MACUMBA URBANA ANTROPÓFOGA” revelará talvez nesta semana, na outra, ou no próxima batida de nossos corações.

Ana de Holanda manda nos dizer que não poderá vir dia 16 à FESTA DOS 50 ANOS DO TEATRO OFICINA na Noite da “MACUMBA…”, da  Troca-Troca entre Terrenos.

Não fiquei triste porque sei que ela gostaria de vir já trazendo resolvida a questão. Ana, magnanimamente pôs pra andar a  Burocracia.

Sabemos que o Aparelho do Estado Brasileiro não caminha no tempo dos nossos Desejos Culturais Vivos. Mas está OFICIALIZADO.

Quem poderia resolver a questão no ritmo do já, seria a PRESIDENTE OU PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF.

Estamos simbióticos ao seu Programa de Erradicação da Miséria. Queremos ir ao encontro das máquinas que trabalham este Desejo Social, nós do Teatro Oficina que lidamos com a Máquina dos Desejos Culturais, de Plantio da Rapidez Internética que vira com a Economia Verde.

A Miséria ronda o Bixiga. Há muitos moradores de rua passando todo este frio paulistano dormindo nos viadutos.

Aqui moram pessoas muito pobres, que são a maioria do Bairro. Nosso  desejo colocado em prática vai trazer todas essas pessoas para comerem nossa MACUMBA como PÚBLICO.

Queremos encontrar com o Time que trabalha praticamente a Erradiação da Miséria para trabalharmos juntos.

A Cultura em contato com a Miséria apreende com ela, cresce e transmite a dádiva da Arte que desperta sonhos, desejos, invenções, espírito crítico.

Nossa Pobreza Radical precisa também de Toda Riqueza Cultural, que por incrível que pareça é produzida também por todas essa mesma miséria, muitas vezes mais que entre os ricos.

Adoniran Barbosa, morador do BIXIGA, canta em seus Sambas essa miséria que nunca chega a destruir a grandeza humana dos MISERÁVEIS.

Esta Pobreza é erradicada no momento que entra em contato com as redes de Paixão dos que Cultivam a Vida Surreal, Paradoxal, Criativa, Inventora, Artística e Científica.

Para libertar sua alma da Escravidão os AFRICANOS inventaram no Brasil Escravocata, a Cultura do CANDOMBLÉ, juntaram-se aos ÍNDIOS, aos CABOCLOS, à contribuição milionária dos erros das IMIGRAÇÕES, aos ARTISTAS, ATORES, ATRIZES, MÚSICOS, ao RÁDIO, e criaram o Ritmo da BATIDA QUEBRADA DIONIZÍACA dos Ditirambos: o SAMBA, o MARACATÚ, o FREVO, enfim, inventaram o país da inversão  dos valores colonialistas: proclamando um Brasil Rico: O País do CARNAVAL, do FUTEBOL, da PETROBRAS, e de muito mais que Bananas ao Vento.

A Escravidão Africana e Indígena criaram a Cultura não de Resistência, mas de Re-Existência.

Apanharam sua “rítmica religiosa”, a das batidas Joãogilbertianas, do Coração do Brasil criando a Infraestrutura, a Cozinha fundadora da mistura de tudo da Cultura Universal Brazileira.

Como Oswald de Andrade pré-escreve na carne de seu “MANIFESTO ANTROPÓFAGO”: o terno Eterno Retorno ao Pré-Lógico, ao Bárbaro, ao Pagão, ao Tupy, para devorar os Mecanismos, Analógicos, Cybers, construídos por toda humanidade, inclusive pelos escravos, e assumir o ser, o to be, o SER TUPY de “BÁRBAROS TECNIZADOS”.

A ERRADICAÇÃO da POBREZA dos brasileiros pressupõe a erradicação do COLONIALISMO PATRIARCAL CAPITALISTA e o plantio da Cultura Verde do “Bárbaro Tecnizado”.

O Brasil investe 1% de seu Orçamento em Pesquisa Científica. A China 18%.

O MINISTÉRIO DA CULTURA teve um corte de 2/3 no seu 1º Jovem Orçamento, engatilhado para uma Primavera Cultural este ano.

Assim não dá.

No Mundo Globalizado, a Inteligência, o Sabor da Sabedoria=Cultura, são condições sinequanon para construção de  uma Riquíssima Economia Verde neste instante. Basta a Cultura e a Ciência serem libertadas de sua Miséria Orçamentária.

Como canta Chico Science, nós brasileiros precisamos de  Saiência, quer dizer, do conhecimento vivido Cultural e Cientificamente, para crescer.

Ensaio corrido da Macumba Antropófaga, no que será o Restaurante Troca Troca, nos terrenos de SS, onde Oswald e Tarsila têm a revelação antropofágica

Anoiteceu, 18h31′.

Em frente do apê onde vivo, uma Bandeira do Hamas, a corrente de luzes da Avenida 23 de Maio no seu apogeu e a IBM aqui na minha frente como um Plugue de Tomada Gigante. Um TOTEM?!

Acabei de enviar um convite a Excelentíssima Presidenta do Brasil Dilma Rousseff onde pedi que trouxesse a MINISTRA DA CULTURA Ana de Holanda no dia 16.

Beijos a todos que me lerem nesta noite linda de 8 de Ah!Gosto, ou em outros dias ou noites.

Hoje dia Histórico, cheio da prova dos 9: A ALEGRIA

Anúncios
5 comentários
  1. QUE ALEGRIA IMENSA, SINTO EU ZE!
    CHEGUEI AQUI EM TEU BLOG, SEXTA -FEIRA 05/08
    VIBREI INTENSAMENTE AO VER O VIDEO DA FUNARTE,
    NAO ME DEMOREI E POSTEI EM MINHA PAGINA DO FACEBOOK.
    LIBERDADE DO SER, POR ISTO ESTAMOS AQUI!
    SOMENTE COM A LIBERDADE DO SER, O SER QUE EH REAL, DESAMARRADO DESTAS CRENÇAS UTOPICAS E ADORMECIDA DE ERROS DE UMA SUPOSTA GLORIA QUE SEMPRE FOI INGLORIA E ULTRAPASSADA E RIDICULA!
    O TEMPO URGE!
    E O TEMPO EH AGORA!
    PARABENS ZE CELSO, E TODA SUA TRUPE!
    VOCES FORAM MAGNIFICOS NA FUNARTE!
    PALMAS DE PE PARA TODOS VOCES!!!
    E A ARTE ESTARA AONDE TE M QUE SER E ESTAR NESTE BRASIL!
    CULTIVAREMOS A CULTURA E EXPANDIREMOS A ARTE
    SEM RAIZES DO APODRECIMENTO APEGADO DE UM FALSO ESTETICO MORALISMO NAUFRAGADO.

    ABRAÇOS ZE….

  2. e eu no momento preso aqui no Rio, que cacete baiano.
    mas merda a você e toda sua companhia. e que todos os eguns vazem.
    o resto a jo só seria respaldada rs….

  3. Miriam Juliana disse:

    q bom……….fico feliz por vc………fico feliz por dionizio me trazer justamente nesse ano….pra conhecer suas peças, mas como sou muito timida, não tiraria a roupa na frente dos outros…mas fui premiada…….

  4. ai! vou ver o calendrio:( pq lgo me impediu de ir a sampa sou do rio mas agota me peg indo até setembro tô aí de buzão:) pode tirar a minha ou eu mas ficria invisivel pela eacalidesz:) MERDA. Xango , Ogum para vcs e atér um Exu-pa-Rola. mas sem eguns chatos. se durr mais estarei ai verei amigos pesoais que não vejo a anos, saúde, e teri esta honra.
    beijundas a todos que trabalharam por isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: