Convite Público à Excelentíssima Presidenta do Brasil Dilma Rousseff Para Estar Presente na Festa de Aniversário dos 50 Anos do Teatro Oficina Dia 16 de Agosto de 2011

COMO  É MUITO DIFÍCIL O CONTATO COM A SENHORA ATRAVÉS DOS MEIOS OFICIAIS ,

TENHO O PRAZER ESPECIAL DE CONVIDÁ-LA PUBLICAMENTE para a FESTA DOS 50 ANOS DO TEATRO OFICINA, Rua Jaceguay 520, dia 16 de agosto às 21h, em que comemoramos Vitória de gerações e gerações do povo que criou  esta longevidade fenomenal para um Teatro e para a Companhia que o fundou.

Vamos apresentar a encenação do “MANIFESTO ANTROPÓFAGO”, de Oswald de Andrade, em forma Musical de “MACUMBA URBANA ANTROPÓFAGA”.

DESEJAMOS SUA PRESENÇA E DE TODO SEU TIME QUE TRABALHA PRATICAMENTE O SUPER OBJETIVO DE SEU GOVERNO:

A ERRADICAÇÃO DA MISÉRIA NO BRASIL

É HORA DE ERRADICAR A MISÉRIA DO BRASIL, INCLUSIVE A DESTA PERIFERIA CENTRAL DE SÃO PAULO: O BIXIGA.

Muitos moradores de rua aqui, passam todo este frio paulistano dormindo nos viadutos.

Moram no Bairro, pessoas muito pobres, a maioria de seus habitantes.

Nosso desejo colocado em prática, vem trazendo essas pessoas para comerem nossa “MACUMBA URBANA ANTROPÓFAGA”, como PÚBLICO, e desejamos tê-las como Trabalhadores da Construção, Manutenção e Usufruto do Complexo Cultural que queremos criar.

Aqui na Rua Jaceguai 520, lutamos 30 anos com nossos atos teatrais e obras de arte com o GRUPO VÍDEO FINANCEIRO SS para que não construíssem seu Shopping, suas Torres, que expulsariam todos os moradores pobres do Bairro e acabariam com o Bairro do Bixiga como Umbigo Cultural de São Paulo.

Depois de 30 anos de Luta veio a Crise do Banco PanAmericano do Grupo SS, e as condições mudaram. Hoje temos ótimo diálogo com Sílvio Santos, que nos propõe a TROCA DE SEUS TERRENOS do entorno do TEATRO OFICINA por TERRENOS DO ESTADO, para contruirmos um Complexo Cultural revitalizador do Coração de São  Paulo, o:

“ANHANGABAÚ DA FELIZ CIDADE”:

_um TEATRO DE ESTÁDIO para 5.000 pessoas,

_uma UNIVERSIDADE ANTROPÓFAGA,

_uma CRECHE DE ATENDIMENTO PRÉ-NATAL, PARA AS MÃES E CRIANÇAS DO BAIRRO

_OFICINAS DE REFLORESTAMENTO DO BIXIGA

Hoje recebi, enviado por Ana de Hollanda, o documento publicado no DIÁRIO OFICIAL a pedido dela, MINISTRA DA CULTURA, carimbado com a rubrica, rubra, vermelha, “URGENTE”, criando uma Comissão  para em 180 dias dar seu parecer técnico sobre a Troca de Terrenos, a construção ou não pelo próprio MINC do “ANHANGABAÚ DA FELIZ CIDADE”.

Entretanto uma pessoa menos delirante que eu perguntou:

O quê ? 6 meses ? Como conciliar a negociação com um empresário como Sílvio Santos, que sabe que Time is Money, com 6 meses de apreciação pelo MINC ?

É, não sei responder esta pergunta, mas o importante é que o Governo Brasileiro finalmente assume oficialmente esta questão do entorno do Teatro, colocada pelo parecer do IPHAN quando tombou o TEATRO OFICINA como Patrimônio Artístico e Cultural do Brasil.

A amada amiga e MINISTRA DA CULTURA Ana Buarque de Holanda,  mandou-nos hoje também um email em que nos informa que não  poderá vir dia 16, terça feira, à Festa dos 50 anos e da “TROCA ENTRE TERRENOS”.

Não fiquei triste porque sei que ela gostaria de vir já trazendo resolvida a questão.

Sabemos que o Aparelho do Estado Brasileiro não caminha no tempo dos nossos Desejos Culturais Vivos.

Mas está OFICIALIZADO.

Quem poderia acelar este tempo, no ritmo necessário, é a VONTADE POLITICA DE VOSSA EXCELÊNCIA, PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF.

Estamos simbióticos com o seu Programa de ERRADICAÇÃO DA MISÉRIA.

Queremos ir ao encontro das máquinas que trabalham este Desejo Social, nós do Teatro Oficina que lidamos com a Máquina do  Desejo Cultural de Plantio da ECONOMIA VERDE.

Ela está chegando com rapidez Internética, com o ser humano potencializado no Brasil pelo Governo, desde Lula.

Mas a Miséria ronda o Bairro de nosso Teatro.

O Lendário BIXIGA, ONDE EM TEMPOS DE POTÊNCIA CULTURAL E SOCIAL, SURGIRAM MUITAS CANTINAS, A ESCOLA DE SAMBA VAI VAI, TEATROS   MODERNIZADORES DO TEATRO E DO CINEMA BRASILEIRO.

A Ditadura Militar vinha tentando acabar com o Poder dos Teatros, através da Censura, depois com surra nos Coros do revolucionário “RODA VIVA”, incêndios, invasão de Teatros como foi o caso do Teatro Oficina. Construiu o Elevado Costa e Silva, vulgo “O MINHOCÃO”, dividindo o Bairro como um Muro de Berlim. A Especulação Imobiliária acabou de destruir o que faltava e hoje   o BIXIGA parece um terreno de Guerra, de Saravejo, Faixa de Gaza?! A situação do Bairro é Trágica.

Por isto apostamos no seu Programa de ERRADICAÇÃO DA MISÉRIA E QUEREMOS ESTAR JUNTOS NESTA.

A Cultura em contato com a Miséria apreende com ela, cresce e transmite a dádiva da Arte que desperta sonhos, desejos, invenções, espírito crítico.

Nossa Pobreza Radical precisa também de Toda Riqueza Cultural, que por incrível que pareça é produzida também por todas essa mesma miséria, muitas vezes mais que entre os ricos.

Adoniran Barbosa, morador do BIXIGA, canta em seus Sambas essa miséria que nunca chega a destruir a grandeza humana dos MISERÁVEIS.

Esta Pobreza é erradicada no momento que entra em contato com as redes de Paixão dos que Cultivam a Vida Surreal, Paradoxal, Criativa, Inventora, Artística e Científica.

Para libertar sua alma da Escravidão os AFRICANOS inventaram no Brasil Escravocata, a Cultura do CANDOMBLÉ, juntaram-se aos ÍNDIOS, aos CABOCLOS, à contribuição milionária dos erros das IMIGRAÇÕES, aos ARTISTAS, ATORES, ATRIZES, MÚSICOS, ao RÁDIO, e criaram o Ritmo da BATIDA QUEBRADA DIONIZÍACA dos Ditirambos: o SAMBA, o MARACATÚ, o FREVO, enfim, inventaram o país da inversão  dos valores colonialistas: proclamando um Brasil Rico: O País do CARNAVAL, do FUTEBOL, da PETROBRAS, e de muito mais que Bananas ao Vento.

A Escravidão Africana e Indígena criaram a Cultura não de Resistência, mas de Re-Existência.

Apanharam sua “rítmica religiosa”, a das batidas Joãogilbertianas, do Coração do Brasil criando a Infraestrutura, a Cozinha fundadora da mistura de tudo da Cultura Universal Brazileira.

Como Oswald de Andrade pré-escreve na carne de seu “MANIFESTO ANTROPÓFAGO”: o terno Eterno Retorno ao Pré-Lógico, ao Bárbaro, ao Pagão, ao Tupy, para devorar os Mecanismos, Analógicos, Cybers, construídos por toda humanidade, inclusive pelos escravos, e assumir o ser, o to be, o SER TUPY de “BÁRBAROS TECNIZADOS”.

A ERRADICAÇÃO da POBREZA dos brasileiros pressupõe a erradicação do COLONIALISMO PATRIARCAL CAPITALISTA e o plantio da Cultura Verde do “Bárbaro Tecnizado”.

O Brasil investe 1% de seu Orçamento em Pesquisa Científica. A China 18%.

O MINISTÉRIO DA CULTURA teve um corte de 2/3 no seu 1º Jovem Orçamento, engatilhado para uma Primavera Cultural este ano.

Assim não dá.

No Mundo Globalizado, a Inteligência, o Sabor da Sabedoria=Cultura, são condições sinequanon para construção de  uma Riquíssima Economia Verde.

Neste instante basta a Cultura e a Ciência serem libertadas de sua Miséria Orçamentária.

Como canta Chico Science, nós brasileiros precisamos de  Saiência, quer dizer, do conhecimento vivido Cultural e Cientificamente, para crescer.

Contamos com sua presença, com a Ministra Ana de Holanda, que não recusará seu Convite.

Presidenta, Vossa Excia. tem de pisar neste lugar nesta data histórica.

Nem sabe a Alegria que nos daria, para nós que a amamos e estamos torcendo para conseguir erradicar a Miséria de nosso povo, da nossa Cultura que faz Arte Pública, e da Ciência.

Este trinômio: Erradicação da Pobreza do Povo, da Cultura que é feita com ele, e da Ciência, irá trazer a ERRADICAÇÃO de tudo que têm impedido o BRASIL a CRESCER de acordo com o Mapa Mundi Brasil, seu Sentimento, seu Território.

José Celso Martinez Corrêa

Artista  Praticante da Arte Teatral Antropófaga

e Presidente da Associação Teatro Oficina Uzyna Uzona

São Paulo, 13 de agosto de 2011

AMOR HUMOR ORDEM E PROGRESSO

DEMOCRATIZANDO A DEMOCRACIA PELA CULTURA

EM QUE TODOS NOS COROAMOS

E CRIAMOS DEMOCRACIA DIRETA

QUE JÁ EXISTE NO TEATRO

NA MOMOARQUIA

REINADO HUMANO

DO ANARQUISTA COROADO

Anúncios
7 comentários
  1. Janaina disse:

    Q Dionisio ouça suas paravras……q os Deuses ajudem………vc e muito importante pro brasil,

  2. Leão disse:

    Evoéros! Que tod@s do brazyl possamos beber do vinho-sêmem das palavras deste Baco amado, grande Zé Celso!
    Viva a cultura! Viva a antropofagia cultural eterna!

  3. TODA NUDEZ NÃO SERÁ CASTIGADA!!

    MEU PRIMEIRO CONTATO VISUAL DE ESPANTO DA NUDEZ EM CENA DO ESPETÁCULO MACUMBA ANTROFÁGICA, DO DRAMATURGO ZÉ CELSO, FOI UM CHOQUE DE CRENÇAS A MIM PASSADAS POR UMA SOCIEDADE FALIDA E DESVALIDA DE VIDA REAL. O NU DIANTE DE MIM, QUE OUSADIA EM UM MISTO DE SARCASMO E SELVAGERIA, OFENSAS E PUDORES? MINHA MENTE NÃO ME SILENCIAVA E, MEUS NEURONIOS ENTRARAM EM UMA ESPECIE DE MONTANHA RUSSA COM O INFANTIL DA DISNEY E A MEGALOMANIA MATERIALISTA DA WALL STREET…PIREI! MIL VEZES PIREI! ME SACUDI, TOMBEI, RASTEGEI E ME RASGUEI!!! DEPOIS DE ME SENTIR COMO UMA LAVADORA DE LOUÇAS, ME PUS A SAIR DO VENTRE NOVAMENTE, MAS DESTA VEZ UM OUTRO VENTRE, O VENTRE DA LIBERDADE DE PERDAS DE UM SEQUESTRO MILENAR, QUE SE ARRASTA Á ANOS E NINGUEM NUNCA PERGUNTOU, QUEM INVENTOU? SEGUIMOS UMA INVENÇÃO TÃO ABSURDA E QUE TALVEZ TENHAMOS MEDO DAS RESPOSTAS…. PORQUE IREMOS SER ARREMESSADOS PARA FORA DESTE MUNDO IMAGINÁRIO, QUE NÃO EXISTE MESMO!!!, ESTAMOS EM UM CENÁRIO MIRABOLANTE E SEGUIMOS DISTORCIDAMENTE MAIS ERRANTE DO QUE ESTE PROPRIO INVENTÁRIO DO ABSURDO!
    E NOVAMENTE DIANTE DE TODA AQUELA NUDEZ….. , E PARA MEU ESPANTO, NÃO HAVIA NUDEZ! SIM, ISTO MESMO, ONDE A NUDEZ?
    NÃO ESTAVA VENDO A NUDEZ, PORQUE NÃ O HÁ NUDEZ ALGUMA!! SERES HUMANOS VESTIDOS COM A ROUPA DA ARTE, DA ARTE DO CORPO DA LIBERDADE , O CORPO EM QUE FOMOS CRIADO E QUE NOS VESTE PERFEITAMENTE BEM, EM CADA DETALHE COMPOSTO DE UMA CRIAÇÃO QUE ATENDE A NOSSAS NECESSIDADES, NOS FAZ DE CADA INDIVIDUO, UM SER UNICO EM SUA BELEZA, A BELEZA DE SER O SER HUMANO DO SER E SER, EIS AI A QUESTÃO! SERMOS O SER! E NOS ACEITARMOS SER! O SER QUE NÃO SE DESPE, MAS QUE SE ASSUME EM SUA PLENA LIBERDADE DO SER, O NATURAL QUE PASSA A VIR A SER AO REAL DE SER NATURAL, SEM MASCARAS, SEM ESCONDERIJOS DE UM PASSADO UTÓPICO E QUE IMPERA AOS DIAS DE HOJE, E DEFORMA AS ORIGENS DO SER, DE UMA MALICIA QUE ENCOBRE AS MANCHAS DA ALMA, QUE CAMUFLAM O QUE O CORAÇÃO SENTE, E NOS ENTORPECE OS SENTIDOS, DA QUAL A CARNIÇA DA PODRIDÃO DE MENTIRAS NOS FAZ ESCURECER A CADA PASSAGEM DA EXISTENCIA, E SOMOS LEVADOS A UM CARROSSEL DE MUTILAÇOES DO SER, E NOS LEVA A UM RODIZIO DE REPETIÇOES SEM SUGESTOES…..

    ESTOU LIVRE!

    SINTO EM TODO MEU ÃMAGO O RESGATE DO SER QUE SOU, QUE SE AMPLIA E SE EVIDENCIA SEM CULPAS, PECADOS E MEDOS, SEM NADA DO NADA DO QUE EXISTIA NADA E CONFORMAVA QUE ERA TUDO? E NA VERDADE NADA DO QUE SEMPRE FOI NADA! ESTE MESMO NADA QUE SE ALIMENTA DA ILUSÃO ACEITÁVEL QUE SE MOLDA PARA ESCONDER O NADA EXISTENCIAL DE CADA SER QUE SE PERDE QUANDO SE ADAPTA AO NADA DE SER NADA E EM SUA CONTRIBUIÇÃO QUE O FAZ SER O SER DE NADA DO NADA QUE SERÁ SEMPRE NADA MAIS DO QUE O NADA!

    SINTO ME DESLIZAR AO EXISTIR DE MIM, ESTOU EM MIM, SOU EM MIM, E ME PEGO EM MIM, ME RESPIRO E ME SOLTO E ME ADENTRO EM MIM, E ME VEJO EM MIM!
    SEUS CABELOS BRANCOS SE SOBREVOAM AO TEMPO E ESPAÇO E SE ESPALHAM AOS ARREDORES NOS CONVIDANDO PARA A FESTA DA FESTA DA LIBERDADE , DA REAÇAO, DO DESEJO DO NATURAL DO SER, QUE SE ROMPE DE ARMADURAS PLASTIFICADAS TORTUOSAS E NOS LEVA ADORA A AGIR EM UMA MACUMBA ANTROFÁGICA!

    PARABENS ZE CELSO
    PARABENS A TODOS OS ATORES
    PARABENS POR 50 ANOS DO OFICINA!

    AUTORIA: JO. WERONYKA

  4. que barulho esta festa tinha gente gritando ate 2 horas da manha . que vergonha nao tem educação e ainda fala de cultura.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: