Revolução de Outubro Teatral: Primavera no Oficina Uzyna Uzona

Fui acometido no fim de semana de um Cansaço Imobilizador que somou-se à Paranóia deste estado que é o do Fim do Xamã.

Eu q sempre tive a pressão muito baixa, a vi subir pra 14.

Aconselhado pelo Cardiologista Dr Kalil, internei-me devidamente monitorado de sexta para sábado no Hospital, mas não era o do Coração.

Tive alta ao meio dia, mas eu estava um Caco Inconsciente, dominado pela Dor da minha Escoliose alquimizada a um Stress Gigante e não consegui fazer o que mais me é saudável: as duas sessões deste fim de semana passado de “Macumba Urbana Antropógafa”.

O q de pior poderia acontecer. Para mim o Teatro é a minha Saúde.

Mas ela não estava.

Assim mesmo a “Macumba Antropófaga” rolou poderosa, sem mim, com o maravilhoso ator cubano Hector fazendo o Papa, Deus, Anchieta e com o Beto Mettig – Ator – nosso Divulgador, fazendo Padre Vieira e o Maestro Carlos Gomes.

Passei sábado e domingo, morto no Studio Paraíso, onde moro, até que ontem, domingo, consegui ler os jornais, que me fizeram entender o Óbvio. Depois da Primavera Árabe, dos Movimentos no Chile, Espanha, Grécia, estamos vivendo além do Outono de Wall Street, uma Primavera Teatral no Teatro Oficina, em forma de “Macumba”.

Hoje recebi fotos maravilhosas do fotógrafo Osmar Fermozelli feitas principalmente na parte Urbana, “Rua” da Macumba em que vi presentes todos estes movimentos mundiais. Elas ilustram eloquentemente esta postagem.

Muitas pessoas do Público vem rever todos os fins de semana o Rito, porque sobretudo atuam na macumba, como se estivessem nas ruas do Mundo, fora e dentro da Pista do Teatro Oficina, agora Rua mesmo, “Rua Lina Bo Bardi”. E neste Mundo está o Brasil claro. Estes  movimentos virão repercutir revolucionariamente no Brasil q faz parte do Globo.

No Teatro Oficina temos uma antecipação de uma profecia a realizar-se.

Pra por mais lenha na fogueira, na Macumba há  uma cena passada em Wall Street onde está preso o Touro Minotauro, imobilizado por Wall Street, mas na cena com trabalhadores amurados dentro, trabalhando sob a Cruz pesada do Neg-Ócio, rebelam-se contra o Inferno de Wall Street transmutando-se nos Aviões explodindo as Torres Gêmeas sob as vistas hoje de Obama entronizado em cima de uma Bigorna Dourada.

Nesta cena o público não entrava na Pista até então, mas a partir de agora não pode deixar de entrar.

Convido para no 2º ato, o público que estiver presente, atuar nesta cena como Manifestantes de Wall Street.

Nem sei como vai ser reconstruída a cena, mas isto acontecerá nos ensaios que faremos às 5as. e 6as.

Sei que abriremos uma Brecha forte para que a Pessoa Jurídica do Especulador Mr. Money Karl Marx, vivido pelo ator Mariano Mattos, responda à pergunta do Banqueiro “Rei da Vela” de Abelardo 1º, vivido por Marcelo Drummond: “O que é a Regulamentação da  Financeira Especulação?”, diante de Obama, vivido pelo Contra Regra Otto. Obama está num “Tupy or Not Tupy”, mas principalmente o que vai acontecer diante dos ocupantes da Pista de Wall Street da “Rua Lina Bardi”?

Quando em 1968 “Roda Viva” trouxe o milagre do retorno do Coro Grego ao Teatro Brasileiro, a peça foi modificando-se a partir dos acontecimentos daquele ano e ganhando cada vez mais pulsão revolucionária do meio onde florescia a rebelião Política e a Erótica amasiadas.

O mesmo está acontecendo com a “Macumba Urbana Antropófaga”. O momento revolucionário que o Globo vive está penetrando cada vez mais o rito, o que o torna revelador do Incomensurável Poder da Arte do Teatro.

Povo de Wall Street, até Sábado.

Será que vivo para ver o MinoTauro de Wall Street levantar vôo na apoteose do desmoronamento do Império Néo Liberal Capitalista?

Anúncios
12 comentários
  1. M disse:

    Evoè Primavera!
    Melhoras Zé!

  2. Pior que não é só neo liberal burgues, Zé.
    É principalmente II Internacional socialista de malas e bagagens para tentar salvar o capitalismo em agonia profunda.
    Abraços
    Zé Breton

  3. Miriam Juliana disse:

    ele vai voar…………..voar………….voar……………

  4. Ricardo Costa disse:

    Saúde!!!

  5. Viva! Viva! a revolução de outubro. a revolução caraíba.
    vamos nos rebelar contra o inferno de Wall street! Macumba forte! Vacina antropofágica!
    parabéns por nos mostrar a atualidade de Oswald e do manifesto antropófago.
    Saúde Zé!

  6. convido vc para recepcionar o LIDER no fim de novembro aqui em Florianópolis, fique atento!

  7. Olá Zé!

    To feliz dfe saber que vc tá bem e que descansou bastante.

    eu descobri seu blog só agora e adorei te ler. Tô louco pra ver a atualização de wallstreet..

    tenho que te contar que o mariano – gosto de ver ele em cena – colocou um zumbi ( que ficou ótimo) na resposta ao rei da vela, quando diz “eu não sou uma pessoa, sou um ZUMBI; uma ‘pessoua ‘julridca’, CNPJ”

    queria também te perguntar, se vc viu as minhas fotos, teno colocado no Facebook e no Dropbox…
    se preferir eu te mando por email ou entrego em pendrive.

    fico aguardando tua resposta..

    Beijos

  8. Roberto Casarini disse:

    Occupy Jaceguai St.! A revolução da preguiça e da sublimação carnal. O homem em contato com o homem. Zé, fantástica Macumba! Evoé!

    Roberto Casarini

  9. Zé, querido, que bom não ter sido nada mais grave. Quando soube, você já estava no hospital. Por isso decidi que o mais importante era vc descansar.
    Lancei junto com a Patrícia, minha esposa, uma revista digital sobre teatro e política cultural – Antro Positivo.

    http://antropositivo.blogspot.com/

    Fizemos uma homenagem aos 50 anos do Oficina, com fotos e comentários de grandes convidados, além de um texto meu sobre a importância de vcs para a realidade brasileira e artística.
    Espero que goste.

    Agora que você está melhor, podemos marcar uma conversa para acrescentarmos ao blog onde a revista está linkada?
    Na semana que vem verei Macumba, se vc estiver por lá, podemos combinar direito.
    Ou se preferir me escreva e vemos quando é melhor pra ti.

    beijos sempre
    RUY FILHO

  10. Vladimir Stallman Magón disse:

    Saúde para você.

  11. TAPUIA disse:

    Vive, Zé. Na verdade, o mundo é que se aproxima de viver o que há décadas, você já vem vivendo.

  12. Osmar Fermozelli disse:

    Olá Zé Celso!!!

    É uma honra ter minhas fotos publicadas no seu Blog e no site do Teatro Oficina!!!
    Apenas posso dizer que é fantástico, poder transmitir através das imagens, todo esse
    magnífico mundo que é a Macumba Antropofaga…
    Parabéns a todos!!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: