Copa de Cultura 2014: email aberto ao Secretário de Cultura de São Paulo Juca Ferreira

iÓ! Amado Juca,

“Uma única luta – a luta pelo caminho. Dividamos: Poesia de importação. E a Poesia Pau-Brasil, de exportação.” – Oswald de Andrade, no Manifesto Pau Brasil.

Estou te enviando este link, sobre a 1ª réplica do Globe Theatre de Shakespeare fora de Londres, a ser construída até a Copa de 2014, em Minas Gerais: http://artebrasilproducao.com.br/gandarela#.UPBBLLakBXI

Você já deve estar sabendo, mas eu ainda não estava. Percebi então como é fácil importar Cultura já instituída.

Não tenho a pretensão de me comparar ao Bardo – mas sei que o Brasil vem em sua história produzindo uma Cultura de Exportação, há muitos anos.

Veio à tona, urbana, em 1922, com o Modernismo; em 1928 com o Manifesto Antropófago de O.A e nos anos 60 com a Tropicália: não somente na Música, mas nas Artes Plásticas, no Teat(r)o Oficina, com a montagem de “O Rei da Vela”, que plugou através de Oswald toda nossa geração, no Cinema Novo, sobretudo de Glauber e na Atitude Transversal na Cultura que fez emergir a Arte Popular Brasileira sepultando as classificações erudito X popular.

A Tropicália continua sendo um dos mais fortes movimentos culturais no mundo e revelou que, como previa Oswald, o Brasil não precisa babar ovo pra Cultura da Colonização, por mais brilhante que seja, pois já tem uma Cultura de Exportação.

Só não sabe disso – ou se sabe, finge ignorar – a pequena e a alta burguesia colonialista, pois é mais fácil ter o $ importando que gastando com a Cultura Original Brazyleira de Exportação.

O Oficina, desde O Rei da Vela vem criando um Teat(r)o como não existe igual no mundo. Quando fomos pro exterior, por exemplo em Berlim, com Os Sertões, em 2005, fomos recebidos escandalosamente bem pelo Público acostumado com um Teatro Careta que não consegue nem mais montar por ex. Shakespeare, como acontecia até os anos 60. E fomos escolhidos o Melhor Evento Cultural daquele ano na cidade: “Por duas semanas o Teatro Oficina de São Paulo transformou o Volksbühne em sambódromo e os espectadores em co-dançarinos. Uma festa de encher os sentidos, desmedida, altamente política, dionísiaca e carnavalesca. Há tempos não vivenciei teatro de maneira tão intensa, tão à flor da pele”, Gerd Hartmann, na Revista Zitty.

A Partir de Lina Bardi ter vindo trabalhar conosco em 1970 fomos progressivamente realizando uma Arquitetura e projetando um Urbanismo para o Espaço transversal da produção da Associação de Artistas Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona que vem criando desde então um espaço cênico tão original quanto o Globe Theatre: um Teat(r)o Pé na Estrada = teat(r)o rua, como dizia Lina.

A Pista do Oficina, como Lina sonhou, é hoje, depois do Tombamento pelo IPHAN feito em sua gestão no MINC, a Rua Lina Bardi, que atravessa os dois Arcos Romanos, quebrando o Beco sem Saída, depois de mais de 30 anos de luta com o Grupo Silvio Santos, e agora espraia-se num Delta de ruas de todo quarteirão do Bixiga.

Hoje estamos ocupando todo este Espaço.

Lá já realizamos as Dionizíacas de 2010, patrocinadas pelo MINC numa tenda para 2.000 lugares; A Macumba Antropófaga 2011, que semeou com o público, nos escombros do quarteirão derrubado pelo Grupo SS, sementes de girassóis que nasceram pouco depois. Agora está nascendo abóbora.

Bacantes nas Dionisíacas em Sampã, dezembro de 2010

Bacantes nas Dionisíacas em Sampã, dezembro de 2010

Girassol nascido nos escombros das construções derrubadas

Girassol nascido nos escombros das construções derrubadas

Abóboras para 2013

Abóboras para 2013

Encenamos a Macumba Antropófaga 2012 num Circo levantado por nós, cirandando antes pelo Bairro do Bixiga: TBC, Casa de Dona Yayá, Apê onde morou Oswald de Andrade e escreveu Sob as Ordens de Mamãe ou um Homem Sem Profissão, pela rua dos Craqueiros, retornando ao Quarteirão Tombado pelo IPHAN por uma Alameda Pomar, o início da Oficina de Florestas.

O mesmo aconteceu com Acordes, no segundo semestre de 2012, antropofagiado de Brecht.

infinito_estratoporto

Neste ano de 2013, até 2014, já caminhamos pra a Copa de Cultura 2014. Imagino ser um Evento Nacional e Internacional, mas com a participação das Culturas de Artes Cênicas dos BRICS.

A Cultura destes países tem uma tradição de vínculo com as Artes Populares que é bem mais contagiante que o Teatro que se faz na Europa ou EEUU. Os BRICS estão muito mais próximos do Oficina Uzyna Uzona.

A Mesma coisa com as Culturas do Brasil popular de hoje, que não cabem no Palco Italiano. Participariam também desta Copa.

Se Minas importa temos de convencer os Investidores da Cidade mais rica do Brasil a criar este Espaço mais original que o Globe Theatre, nascido da Cultura Mestiça Brazyleira Cyber-Tecnizada como diriam Oswald e Glauber.

Estou de repouso de guerreiro na Praia de Carneiros (PE). Volto em Sampa dia 30, pronto pra guerra de novo – essa a mais difícil da nossa história neste ano de Crise y Austeridade, aqui pelo Brasil também.

Mas tenho a certeza que encontraremos a saída.

Amante

Projeto do Escritório de Arquitetura JBMC para o Anhangabaú da Feliz Cidade

Projeto do Escritório de Arquitetura JBMC para o Anhangabaú da Feliz Cidade

Anúncios
2 comentários
  1. 最も病院でヨーロッパ大陸と主張するどのように制服スクラブ実際にやすくクリーンよりも、古い看護師の制服。バスケットボール靴あると証明した技術的に知られているのアスレチックシューズも靴に基づいて物理とスポーツイベント。

  2. Most of the hardware comes a good installation cd which
    contains the hardware folks and the solar farm TV panel.
    It is thus possible to watch live TV through the websites.

    Brand new that you require mind is the genre
    of the watch. Now it’s possible to enjoy all simple . TV shows online with free streaming without end till you have had enough. http://www.thebarkives.com/index.php/member/157081/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: