Entrevista Rápida sobre São Paulo nos seus 459 anos

Olá, Zé Celso. Tudo bem?

Sou Rayanne Azevedo, repórter de Cotidiano da Folha de S.Paulo. Estamos trabalhando em um caderno especial para o aniversário de São Paulo, em 25 de janeiro. Você topa responder a uma entrevista rápida? É sobre a sua relação com a cidade. Estamos enviando o mesmo questionário a outras pessoas (nascidas ou não em São Paulo, mas que vivem aqui). A ideia é montar um mosaico bacana com as respostas.

As perguntas são as seguintes:

1. Qual foi o primeiro lugar que você morou em São Paulo?

– BIXIGA

2. Qual é o barulho que você mais gosta na cidade?

– O do Teat(r)o Oficina e Terreno do entorno, onde o Inferno Acústico do Minhocão vira Mar. No 1º do ano passamos num Monte de destroços do quarteirão q estamos ocupando por Comodato como nosso atual amigo Silvio Santos – Monte que consagramos como nosso Totem. Fomos cercados por um bombardeio em roda, depois baixou um silêncio de “Oficina de Florestas”. Foi auspicioso.

3. Qual foi a maior loucura que já te aconteceu em São Paulo?

– Desejo q aconteça no dia 25 de janeiro de 2013 – aniversário da Cidade de SamPã e do Prefeito Fernando Haddad – coincidência q induz a acontecer uma loucura real: q o Prefeito receba o Presente do “Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona” à sua gestão: a COPA DA CULTURA DE 2014 no “TEATRO DE ESTÁDIO OSWALD  DE ANDRADE”, tornando público no seu dia, seu empenho urgente de  TROCA DE UM TERRENO DA PREFEITURA pelo TERRENO DO GRUPO SILVIO SANTOS NO ENTORNO  DO OFICINA TOMBADO PELO  IPHAN. COM ESSA TROCA O BIXIGA RENASCE COMO A LAPA NO RIO RENASCEU

4. O que faz de você um paulistano?

– Meu stress igual ao das quaresmeiras, pois crio nele como elas.

5. Que personalidade merece uma estátua em São Paulo?

– Se estátua valesse alguma coisa eu levantaría pra Eduardo Suplicy e Silvio Santos -os dois juntos.

6. Qual a principal vantagem de morar na cidade de São Paulo?

– Ter de Tudo, do Pior e  do Melhor – por isso chamo SP de SamPã  / Pã é =TUDO.

7. Vizinho em São Paulo é? (Conhece, nunca viu, mantém boas relações ou não…)

– Adoro todos do prédio em que moro e do prédio da frente e não somente de onde moro, mas nossos vizinhos do Teat(r)o Oficina – até uma q vive se queixando do barulho q fazemos e sempre nos ameaçando de chamar a Polícia.

8. Se você tivesse o poder de implodir um lugar em São Paulo, qual seria?

– Nenhum, tudo se transforma e pode ser habitado. O Minhocão por ex. pode virar um imenso Centro das Mais Diversas Transas nos seus baixos e em cima um Jardim, até com um pequeno corredor de trânsito. Paulo Mendes da Rocha fez um projeto Maravilhoso pro Minhocão em frente ao Oficina Desejo q consigamos  levantar.

9. O que é que o paulistano tem? (Charme, dinheiro, estresse?)

– É muito abstrato dizer “Paulistano” nessa Metrópole que tem quem vive a maior parte da vida dentro do Onibus ou do Metro, vivendo em bairros com toque de recolher, e outra que se transporta em  helicópteros – e concentra todo capital da cidade mais rica do Brasil, vivendo nos Carandirus de Luxo.

10. O que faz um paulistano feliz?

– Sei o que faz feliz este paulistano, eu mesmo: é estar batalhando pro BIXIGA se tornar de novo o Coração Popular e Cosmopolita de SamPã, como a Lapa  se tornou no Rio, daí minha felicidade é estar desde há muito tempo contruindo o “Anhangabaú da Feliz Cidade” com a “Universidade Antropófaga”/Teatro de Estádio/Oficina de Florestas reflorestando todo Bixiga/com Creche para o Bairro / e a Pista de Atuação do Oficina Uzyna Uzona, hoje “Rua Lina Bardi” atravessar os muros do nosso Entorno Tombado pelo IPHAN, ir ao encontro do TBC, pelos fundos e encontrar-se com o Jardim de Dona Yayá formando o inicio de uma Complexo Cultural chamado “Praça da Paixão”

Desejo não ser cortado tanto em nome de uma rapidez abstrata.

Anúncios
1 comentário
  1. zé celso. sabe quem sou? joão alfredo almada de guaratinguetá, que foi seu colega de quarto n de minha historia de vidaa pensão do abelardo na condessa de são joaquim. tenho saudades daquele tempo embora tenhamos percorridos caminhos completamente diversos. lembro-me da inauguração do oficina do qual participei. lembro-me da catito, do carlos matheus, do plinio, do carlinhos garçon, da figura do abelardo, que você “amava !!!!!!” lembro-me de sua casa em araraquara onde fiquei hospedado, seu pai, sua mão suas duas irmãs, de saudoso irmão, do festival de poesia, do iseb, de sua aventura na inauguração de brasilia, de como eramos, “aguias brancas” etc etc etc…… tenho otima memoria apesar de ser 15 dias mais velho que você, gostaria muito de encontra-lo embora talvez já não exita dialogo entre nós, mas você foi parte importante de minha historia de vida. se for possivel, responda. pelo proprio facebook

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: