arquivo

Arquivo mensal: outubro 2014

A SITUAÇÃO ESTRATÉGICA DIANTE DA EQUAÇÃO ARMADA  PELA DIREITA GOLPISTA

PARA A ELEIÇÃO DE DOMINGO

COLOCA DILMA COMO A EMISSÁRIA CULTURAL

DE TODOS OS DIREITOS HUMANOS

JUNTO À NOVA ESQUERDA

Dilma 1970

Dilma, vejo tua foto histórica e diante dela t’escrevo

sou um  Bode de Teatro

como você é da Política

A Tragédia em grego quer dizer

“ O Canto do Bode”

somos ‘Bodes Expiatórios Cantores”

muito orgulhosos das vaias q recebemos

por querermos crescer

junto ás humanas multidões.

Agora , no salto pro  seu  segundo governo

lutando a favor da  espécie humana

contra sua quase extinção.

Se não estivermos de acordo com nós mesmos

no q temos de mais rebeldes

não seremos  revolucionários q mereçam a desaprovação dos colonizadores

que ainda querem nos dominar.

Amamos nossos iguais e nossos desiguais

lutamos pela percepção de nossa condição de humanos

o q nos torna poderosos

quando nos  libertamos das  opressões

q nós mesmos, enquanto espécie, ainda nos causamos.

Por isso minha casa minha vida, bolsa família

vão crescer mais ainda.

Nesta situação política em q os conservadores se amontoam em muitas partes do mundo

do mesmo lado

pra se salvar da Crise Mundial

tentam eliminar as migrações humanas

indispensáveis para o equilíbrio homeostático

da espécie viva nesse mesmo nosso Planeta.

Esta situação política na crise

coloca de um lado os que tem medo de gente

das múltiplas etnias da Terra,

e do outro os que criam condições de crescimento pra humanidade diversa.

Esta equação política demarca nitidamente a Luta de Classes

e traz consigo a FOME PELOS DIREITOS HUMANOS.

Hoje temos FÓME

em meio a esta luta em que os direitos humanos

igualam-se à luta pela comida, pela água e pela terra.

Não dá mais pros povos do mundo no Brasil,

seja na linha da pobreza, na classe média,

nos corpos humanos da alta burguesia,

e sobretudo pros povos que aqui vivem e já viviam

quando nem existia o Brasil,

nem os que aqui vieram como ESCRAVOS,

sejam considerados TABÚS.

Os ÍNDIOS e os EX-ESCRAVOS

nem sequer são mencionados

porque os donos da verdade não  querem aceitar a vida

com a beleza de sua diversidade e contradições trans-humanas.

Dilma, por tua situação diante da montanha conservadora

q se une no mundo inteiro pra impor um ponto de vista único

de extermínio da humanidade,

você re-Existe, no Etherno Retorno da Foto

mais que linda da ETHERNA JOVEM,

diante dos Generais da Ditadura Militar,

cobrindo a Face pra não serem identificados diante da História.

Nela você é Antígone: a que não abaixa a cabeça diante do Jovem Creonte

que a condena a um sepultamento em vida.

Nem sei porque, mas nós Artistas

temos o poder da Pré-Visão.

Em 1986 quando editamos o Texto Teatral de “BACANTES”,

no Imagiário das Personagens da Peça,

escolhemos recortes de jornal com imagens do jovem Aécio

fazendo papel de PENTHEU, isto é, do Antagonista de DIONÍZIOS.

Tirano que impedia os Ritos Teatrais Dionizíacos em Tebas.

texto antigo BACANTES-126

A Esquerda hoje, paradoxalmente, parece tão fraca,

mas a jovem esquerda que está muito forte,.

Por acreditar que a Cultura é a força dinamizadora da Inteligência,

do entendimento humano, fortaleceu-se.

Só com uma visão Cultural, Teatral,

que todo ser humano que Cultiva a Vida,

acima de tudo,

tem,

pode afirmar, argumentar

que um menino de 16 anos não seja condenado à morte

na Universidade da Bandidagem das atuais cadeias brasileiras.

É uma questão cultural compreender:

“o aborto como uma questão de saúde publica”

e “a homofobia como crime”

Os gays são tão iguais a a héteros ou homossexuais.

Todos iguais sobretudo diante da Res-Publica = “Coisa Pública”

É um escândalo sermos tratados sem os mesmos direitos.

É também uma questão de compreensão Cultural

a Descriminalização das Drogas que existem na natureza,

como a maconha

que é um princípio de ativação da percepção humana

e mais:

uma nova penicilina pra abolição de muitíssimas de nossas dores,

e da dor superada passarmos à absorção de nosso ser,

de nossa alma.

As drogas não podem, é óbvio, serem tratadas como questão de Polícia.

Sua crimiminalização só tem beneficiado ao Grande Comércio Internacional do NarcoTráfico

que é o que tem menos interesse na descriminalização.

Esta traz o esvaziamento de cadeias,

a diminuição vertiginosa da violência.

Drogas devem ser tratadas como plantas sagradas,

engraçadas,

venenos remedios,

ainda q sujeitas ao controle farmacêutico.

A Cocaína pode se transformar numa simples Tarja Preta

e quem fosse comprar teria que trazer a Receita Medica.

As mulheres detestam abortar

se abortam

tem de ser muito bem tratadas

e é um fato concreto

o numero de mulheres q morrem

por abortar em condições de risco de vida nesta roleta russa.

Os Índios do Estado do Pará, em seu 1º Governo,

foram socorridos de seu extermínio

pela equipe de seu Ministério da Saúde comandado por Alexandre Padilha.

Temos certeza que se fará justiça a essas pessoas

q guardam a sabedoria q pode nos revelar

plantas medicinais que desconhecemos

e em seus rituais

nos ensinam seu conhecimento profundo da Natureza

da qual entendemos muito pouco.

Fomos “civilizados” fugindo da Mãe Natureza.

Nós bodes que cantamos os TABÚS

não merecemos essas “Feiras Internacionais da Industria de Robocops”

que vem pra impedir manifestações

de defesa da Vida, chamado-nos de Inimigos internos

dentro de cada país do mundo.

Por isso não podemos nos acostumar com o o legado da  Policia Militar

criada logo após o AI 5  na Ditadura.

Sei que isso é da competência dos estados

mas é uma questão de “Direitos Humanos”.

O Poeta Oswald de Andrade nos alertou:

só a Cultura sabe lidar com estas questões TABÚS
transformando-as em TÓTENS

Nossa história social e cultural vem do Candomblé,

dos Rituais Indígenas, da Literatura, da Música, do Cinema, do Teatro Brazyleiro,

da Arquiterura e Urbanismo como Obra de Arte de Lina Bardi,

do Talento Político de Getúlio Vargas, de Jango Goulart, de Lionel Brizola,

de Darcy Ribeiro  q  escreveu um programa pro PDT

q é um Programa Poema á descolonização do humano brasileiro

ou não brasileiro.

Nossa História deu um Salto com o Antropófago Lula

na Presidência do Brasil.

Nascido em Caetés

colocou a Antropofagía da Tropicália

na nomeação do Musico Gilberto Gil e do Ecologista  Juca Ferreira

para Antropofagiarem o Ministério da Cultura.

Veio Ana de Holland

uma das mulheres mais delicadas q conheci em minha vida.

Veio a libertária autoridade de Marta Suplicy

para enfrentar a desmistificação dos TABÚS,

Por isso a CULTURA DA VIDA tem de ser Prioridade a partir de 2015.

Não existe Educação sem Cultura.

Sem Cultura não há entendimento,

atitudes decisivas pra arrancar,

nos libertar dos TABÚS invasores,

dentro dos nossos próprios CORPOS.

É estranho, mas todos os Direitos Humanos são TABÚS.

Se não cultivarmos a Vida em sua sabedoria,

que vem das Artes, da Cultura,

da própria Respiração e percepção de nossos CORPOS,

vamos viver no detestável universo dos pré-conceitos.

Por isso voto em você, Dilma

porque a Equação da Política no Brasil

colocou aquela jovem linda da Foto

pra vir com sua Etherna Jovelinidade

junto aos movimentos que,

brotaram em pleno Ano Novo no Hemisfério Sulem junho de 2013e que hoje são a nova Geração da Esquerda.Juntos teremos a força necessária para impedir o fim da espécie humanae maispra expandir nossa Potência Criadora pra Democracia.Sentimos esta semana no Teat(r)o Oficina Uzyna Uzonaque o Teatro devia ser matéria obrigatória em todos os Cursos,pra aprendermos a contracenar com as diferenças na Democracia,e assim desmeodicrizarmos a ameaça de robotização da VIDA IMPRE$$A EM DOLLAR

Zé Celso

17/10/2014

Aniversário do 1º Crash do Capitalismo

Anúncios