arquivo

Arquivo mensal: maio 2015

Roderick Himeros em cena de O Banquete. Foto Fernando Lima

Roderick Himeros em cena de O Banquete. Foto Fernando Lima

Semana da Ressurreição do Corpo do Christo Ressucita
a maior Parada Gay do mundo
y  
o Teat(r)o  Oficina atua direto no assunto.
Por isso nós, Artistas do Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona
saudamos
a Semana  da Ressurreição do Corpo de Cristo,
justamente sincrônica
à Semana da Parada Gay,
que torna rhealmente Epifânica esta data
em que o Amor de Jesus sai do Armário
Nossa saudação está na materialização
da nossa atuação músico teatral
de 5ª e 6ª, com a peça de Artaud Pra dar um fim no juízo de deus,
y Sábado, com a peça de Platão Sócrates O Banquete 2015
No Domingo damos uma Parada
pra podemos estar presentes nesse fenômeno sacro religozozo:
a “Parada Gay 2015”
Porque a Parada Gay cai sempre nesta semana Milagrosa?
Nós, tecno artistas, temos respostas excitantes pra essa pergunta
nos nossos dois Espetáculos Rituais
OficinaUzynaUzona

sanguenasbandeiras

– Índios Guaranis, q vivem na Zona Norte de São Paulo, correndo o risco de perder mais de 700 Hectares de Terras já apontadas como Indígenas pela FUNAI, re-existem;

– Professores altivos mais q nunca em suas Lutas por uma Educação q os ensine a interpretar os fatos Fora dos Clichês;

– PMS q se recusam a massacrar Professores em Curitiba;

– Presidente Dilma Rousseff e ex Presidente Lula:

Nós temos hoje um Ministro da Educação, o Professor, Mestre Maravilhoso Renato Janine Ribeiro, felizmente não da Pátria Patriarcal Educadora, mas muito mais da Educadora Amante e Amada Cultura, a Amântria.

Tenho certeza q é um aliado da ousada luta dos Professores brasileiros, pra formar craques na Pedagogia Afetiva que é a Educação.

Índios Guarani Kaiowas protestam na Av. Paulista. Foto do Portal UOL.

Índios Guarani Kaiowas protestam na Av. Paulista. Foto do Portal UOL.

Os Corpos de muitos brazyleros viveram o que a Presidente Dilma Rousseff viveu também, em seu CorpoAlma, AmalGamado no deus dentro do Entusiasmo do Brazil dos Índios Pelados, sem Estado, Xamãs, Professores, cuidadores das Florestas, hoje ameaçados na capital do capital de Reintegração de Posse do q sempre foi deles; dos Africanos professores inventores, pra todos, da Magia da Cultura de Re-Existência diante d qualquer Escravidão com o Candomblé; como jogo d cintura d’África, ensinados pelos professores das escolas de bambas, requebrando couraças, esqueletos rígidos, libertando cundalinis presas, no gozo.

Mas até uma parcela destes, os a$$imilados, assumem um fundamentalismo racista, proibindo uma atriz de se pintar de negra em Cena. Um, numero clássico do Teatro, da Musica, de todos os tempos.

Só no Oficina já teve a Negra Céllia Nascimento q se pintou de Branca pra fazer o papel de Emilinha Borba, e o Ator Rodolfo Dias Paes Dipa Branco, q substituiu um Ótimo Ator Negro, q durante um espetáculo das Cacildas deixou o papel de Grande Othelo.

É um sintoma dos tempos em q a Paranoia “ista” está reaparecendo na deseducação geral.

Vivemos anos dos Professores da Arte Política na Anarquia, do Auto Governo, trazida pelos primeiros povos emigrantes de todos os Cantos da Terra, no país industrializando-se em plena luta de classes, e já Globalizado pelo Café.

Neste Brazil, ainda mal ecoando a revolução – a soviética, brotaram de todos os lados leis de liberdades sociais, vindas dos míticos movimentos dos Tenentes da Coluna  Prestes; tornadas leis a favor dos trabalhadores na revolução de 1930, liderada pelo suicidado Presidente Getúlio Vargas; reAfirmadas apaixonadamente pela Juventude pós 24 de agosto de 1954, Trabalhista ou não, por Sindicalistas, Políticos Talentosos, Movimento das Ligas Camponesas, Criadores Culturais, Intelectuais, Marinheiros, Soldados etc., num encontro de todas as águas fertilizdoras q inventaram as Reformas de Base do Governo Jango Goulart, até hoje imprescindíveis ao Brazil.

A Universidade de Brasília imaginada por Darcy Ribeiro, onde Boal, toda minha maravilhosa geração, inclusive eu, íamos aprender a criar uma Cultura&Educação formadora de uma Inteligência nos Trópicos do Sul, saltando Fora do ameaçador “Acordo MEC USAID” de Cultura e para o Mercado.

Este “Acordo” acabou por ser imposto com o Golpe Civil e Militar Da Casa Grande em 1964, interrompendo este coito/ até mil novecentos e oitenta e oito.

Hoje as panelas cheias, se esvaziam pra bater pra q não se ouça o q o Bode Expiatório Mor, o PT, tem a dizer.  E no q se chama democracia quem mais tem de ser ouvido, são exatamente os “Bodes Expiatórios”, as pessoas transformadas em Tabus, como Lula, agora.

Pena q você está de novo carrancudo. Concordo com tudo q você disse, mas como Professor de Teatro, não posso deixar de lhe dizer pra não perder sua qualidade de Supremo Ator, seu Humor Maravilhoso de Palhaço Filosofo Socrático e gargalhar da Cicuta que as panelas lhe oferecem.

Todos os fundamentalismo$ contemporâneos se equivalem, viraram hoje doença, epidemias. Essa Peste já existia com o nazismo, fascismo, stalinismo e se hoje eu fosse enumerar não ia poder mais sair do computador.

Vem do cu fechado de medo de perder suas Imagens Únicas, seus privilégios no Crash atual, não só Econômico, mas de Valores.
O início de uma minúscula, mas musculosa ascensão social dos pobres sincrônica ao esplendor solar q a revolução libertária do ser humano, reencontrando-se como forma de natureza em contínua transformação, trouxeram essa moléstia da Vingança dos Ressentidos.
E talvez por esses momentos afirmativos todos, os “ismos” entraram em nóia e passaram ao ataque de tudo q foi conquistado.

A Velha Senhora Golpista Retornou, quem está fazendo bem o papel dela é o Bode Eduardo Cunha: a Maestrina das Panelas e da Bancada das Bíblias e das Balas. Suas emanações, fizeram sangrar o 1º sangue destes panelaços surdos, ao molho pardo, em Curitiba.
Foi o Retorno à Moda do Exorcismo, em cima dos Bodes Professores, como muitos outros Bodes, contidos na Imagem do Bodão Lula.
E quem fez o serviço foi justamente a maioria da PM.

Mas a Vida mostrou em Glória na atitude de uma minoria de PMS, q recusou-se à participar deste Massacre. Bravo! Essa Minoria é o somos todos nós: a Família Pirada Humana.

Os Professores encontraram nos Guaranis, e nestes PMS q disseram o “Sim” em seu “Não” ao Massacre, seus mais novos aliados Humanos Demais.

0802-COT-0601

O Movimento dos Professores cresce como nunca e passa a ambicionar um aumento de quase 80%, com toda razão,
o q não é nada diante do q ganham os destruidores de Cidades, da Natureza na especulação financeira.

Nessa reivindicação orgulhosa os Professores passam a ser Protagonistas, ao se recusarem à formar cidadãos de 2ª Classe pro Mercado, exigindo o direito de cuidar melhor de si, pra reestudarem e reinventarem sua profissão.

Os Professores, os Índios lutando em SamPã, por suas terras sagradas, os PM q disseram não, talvez sejam os movimentos q possam nos ensinar à nos curarmos destas cargas negativas, sobre o bebê renascido nos programas nunca até agora tão fortes e maravilhosos da nova Esquerda desencuecada.

Tudo q é peso ficou com a Direita Raivosa.

Os Jornalões, as TVzonas, toda a Maquina de Ensino sempre ameaçador do Imperialismo Capitalista não está com essa bola toda.

Hoje além do bem do mal, está tudo escancarado pela Net e mais ainda pela defesa da Liberdade de Expressão, a maior qualidade do 2º Governo Dilma.

Desde a Crise de 2008, o CorpoAlma feito desta história Canibal Entusiasmada, foi perdendo absurdamente a anima, numa Crise q nem sua era, mas do próprio Neo Liberalismo.

Nestes dias discute-se no maior cinismo no Congresso o Necessário Reajuste Fiscal, mas já começa caindo em cima dos q trabalham no andar de baixo.

Nós todos os de baixo é que temos que pagar o “ajuste fiscal”, pois ele é consequência de gastos sociais a favor dos pobres como clama o Coro da Medíocre Dona Vingança.

A Própria Dilma na situação de Bode Mor, colocada numa sinuca de bico, quer agora que todo PT apoie o ajuste, em cima dos q trabalham e não dos q especulam.

Ela q foi formada na defesa desses direitos, está se deixando intimidar por tocar no Tabu dos Tabus: o das Grandes Fortunas.

Thomas Piquetty em seu “Capitalismo no Século 21”, não toca no Brazil por falta de dados estatísticos, mas bem ou mal eles existem, foi um escrúpulo desnecessário de sua parte… Mas ele revela o abismo entre o Capital da Era Industrial Produtiva e o da Era atual: o Capital Especulativo.

A renda d quem não trabalha é infinitamente maior do q a de quem produz. Aí este jovem, aliás, Professor, economista, apontando o Tabu do Ajuste Fiscal: solução, a taxação das Heranças, das Grandes Fortunas e dos Bancos.

A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, no seu Art. 153, estabelece q “Compete à União no inciso VII, instituir impostos sobre: grandes fortunas, nos termos de lei complementar.”

Porque tem sido, o único imposto q até hoje não foi cobrado, nem sequer regulamentado juridicamente, pelos políticos do País?

São Fortunas hoje nas mãos de pessoas brasileiras, entre muitas delas, humanistas, artistas, cineastas, artistas de TV.
Como tudo hoje está escancarado, os retratos dos bilionários aparece, sempre ritimicamente, na Internet. Todos sabem quem são.
Como estas Fortunas se fizeram, nem os q usufruem delas, talvez, hoje saibam. Mas é óbvio q o Capitalismo não nasceu e cresceu na pureza, a própria exploração do trabalho humano, a Escravidão, o Imperialismo Coloniali$ta em si é a Mãe e Pai da Corrupção das Corrupções.

Piketty nos atenta: nunca houve maior desigualdade em toda a história da humanidade como nos dias de hoje.

E é incrível q o próprio Partidos dos Trabalhadores está sendo chamado à apoiar leis contra o q justifica sua existência.

Chegamos à uma situação paradoxal, q talvez todos nós brazileros q amamos o q criamos com nossos mais diversos trabalhos, e os que criam seus trabalhos e fazem parte das grandes fortunas, possam eles mesmos, ser os q vão se dar ao luxo de liderar um movimento de taxação das suas próprias Grandes Riquezas, das Heranças, dos Bancos.

Porque suas caras honestas, na geração atual diante da situação de humanidade endoidada de agora já estão parecendo caras dos WANTEDS de Faroestes.

Todo mundo sabe de tudo.

Nós temos q retomar novamente o Brazil q foi outra vez recentemente interrompido em seu crescimento humano por Políticos sem talento q praticamente arrasaram a Arte Maravilhosa de fazer Política.

Meu Pai foi, minhas Irmãs foram também professoras. Nós fomos muito mais q educados, fomos culturados. Nosso Pai Professor, comprava livros distribuídos por Monteiro Lobato sobre o Brazil e a Literatura Universal, filmava… Sei q hoje não se aconselha a sermos alfabetizados na família, mas eu adorei ser.

Isso pra dizer q acredito mais hoje nas pessoas dos Professores, com condições de viverem uma vida menos apertadas pra poderem viver a vida estudando, cultivando sua própria vida pra poder ao mesmo tempo passar por amor, como os gregos, a Sabedoria na Pedagogía da

Relação Inter Subjetiva entre Aluno e Professor mediados por Eros, como no “Banquete” de Platão Sócrates Antropofagiado q estamos apresentando no Teat(r)o Oficina.

O grande trauma da esquerda é a maior loucura dos tempos atuais. Todas as grandes causas humanas estão nas mãos dela.

A Direita hoje é q é o novo Stalinismo. A esquerda libertou-se dos seus modelos de socialismo real, e acolhe hoje os movimentos Libertários, o dos Índios Cuidadores da Natureza, os movimentos da liberdade do Amor, o Passe Livre, o Parque Augusta, o Entorno do Teat(r)o Oficina, a Taxação das Grandes Fortunas.

Dilma você tem, se quiser, o poder de dar uma guinada pro lado q te fez quem é, pode aprender muito com a audácia dos professores.
O povo brasileiro precisa que você tome uma posição à favor de tudo q é renovador do Poder dos Humanos. Não acredite tanto no Vodu, na Feitiçaria dos Falsos Bruxos do Mercado.

Lembre-se o q você já passou e passa, tome um banho de ervas, acredite no Feitiço q corre em teu sangue, dá um chega pra lá, de Bruxa Mineira, na Cunha da Cruz q te Tortura mais q nunca e o povo Brasileiro se Levanta contigo, sem precisar como Vargas de derramar seu sangue. Esta atitude é a única pra conter o Golpe já presente nos panelaços, mais uma vez em nossas vidas, e pode nos fazer retomando o caminho de uma Democracia Popular, Educada, Culta, sobre tudo GENEROSA, livrando seu Animal Erótico

Zé Celso

6 de maio de 2015