Diário de TyZÉRias #05 | “Em cena: ao Vivo pra Viver”

com a corda no pescoço 2

 

Onda$ Gravitacionai$

me levam

à Pista do Teat(r)o Oficina:

pra fazer

Um $how Beneficente pra Zé Celso!”

Segunda-Feira, dia 15 de Febrero: lua crescente, aniversário do nascimento de Galileu Galilei, á 15 de fevereiro d 1564, mesmo ano de Shakespeare.

 Nessa noite, TiZÉrias vai aprontar!!!

 É o seguinte:

nestes dias de verão, eu ia sempre pras praias d mares quentes do Nordeste. Era o Descanso de meu Guerreiro

Mas no Verão d 2016Torre$ da $izan

comandadas pelo seu Simpático Chefe,

Bi$po EduardoVelucci,

aproveitaram a paranóia da Cri$e,

y retornaram ao $erco do Entorno Tombado do “the best

Teat(r)o do Mundo: o Oficina d Lina Bardi y Edson Elito

Xamamos o Terreno Terreiro q nos coroa de:

AnhagaBaú da FelizCidade,

em homenagem às inesquecíveis Kombis do Baú da Felicidade de Silvio Santos q lá estacionavam.

Consequência: não pude ter Descanso nos mares quentes, stou em SamPã, nessa Guerra pelo Vazio da Última Terra ao Ar Livre do Centro d SamPã.

 Nisso… acontece, o q ?

Dia 1º de Fevereiro, fui saber da entrada d dinheiro d minha Anistía pela Tortura, na minha conta no Banco $antander.

Me deparei com o dinheiro da Anistía reduzida pela Metade.

Eu sabía q isso ia acontecer, foi estabelecido assim pela Anistía. É Justo.

Mas fiquei sabendo então q estava no negativo, da cor q mais gosto: no Vermelho. Descobrí q tinha uma dívida do século passado pra pagar uma Operação no Sírio Libanês, renovada em 2012:

bem … mas isso ainda não é tudo.

Dia 10 venceu meu Cartão de Crédito, a divida estourou y chegou a quase 7.000 R$.

Dia 19 o Vermelho é vencido.

Até lá vou precisar de pelo menos 10 Pau$

As hipóteses de escolha dramatúrgica q tenho nessa equação

q deve ser a de muita gente hoje em dia pelo Globo, são :

1-pago o q devo:

-mas com q roupa?

2-faço um empréstimo pagando juros d 14.25%,

tô fóra

3-não pago nada: sou executado, perco a $idadanía, o CPF etc…

Conclusão: não vou poder encenar esta Guerra pela Terra Terreiro d Teatros no “AnhangaBaú da Feliz Cidade”, dentro desta democracía.

Vou pra clandestinidade?

Isso pra um Palhaço de Teatro, como eu, é impossível, vivo de dar bandeira!!!???

Passei o Carnaval brincando pra chegar a rir do Tabú $ DINHEIRO.

A Vergonha Pública ameaça este ser Fodído! Falido!

Y quem ama pedir dinheiro emprestado aos outros? Ninguém!

Y a maioria dos q estou mais próximo, não tem mesmo.

Aí concluí:

vergonha, eu não tenho mesmo.

Sou d Teat(r)o, nada q é humano ou não, me envergonha.

Y Enfim Decidí:

 ABRO em Praça Pública Meu Abcesso Fechado

josé.gif

 

Mas juro, $em juros y sem nenhum drama.

Trago à Cena, o absurdo d Zé Celso, q vai fazer 79 anos em Março,

com 58 anos d Teat(r)o, cultivando y defendendo terras q nunca foram suas, y depois d 1980 então, nem se fala, virou d todos os Teat(r)os:

um Terreirão Teatral. Um Teatródomo, com Arenas montadas móveis.

A Partir daí, iniciou-se esta Guerra Maravilhosa, Rica entre o Teatro Oficina, seu Entorno Tombado X Grupo Silvio Santos.

Foi e está sendo uma Devoracão Antropófaga, onde aprendí tudo q fiquei sabendo da Vida como ela e$tá: $R=A vida Impressa em Dollar nome da primeira peça q dirigí y q inaugurou o Oficina Profissional .

Então, segunda-feira vou fazer pela 1ª Vez um Show Beneficiente pra Zé Celso quitar suas dívidas imediatas.

MINHA PRAIA DESTE VERÃO é a Rua Lina Bardi, Pista do Oficina y às vezes vou entrar no Mar – ao Público Pagante q vai Lotar todas as Galerias da Opera d Milano. Vou tocar piano, atuar em cenas de “O Rei da Vela”.

 Na época q fizemos, 1967, estávamos numa explosão d beleza Antropófaga Tropicália, estávamos mais atentos em derrubar a Ditadura q entender a $abedoria do Corpo d Oswald, vivido pelo Poeta, na Crise 1ª do Capitali$$$mo.

Fui reler a peça, levei um susto. Toda esta situação, q vem da Crise d 1929, o Poeta Oswald, trouxe pra 2016!!!!

Vai ser nossa próxima montagem, com certeza , porq é deste ano, mais do q dos 60!!!

Vou dizer Artaud

Vou brincar no Mar das Pessoas do Público, por todas as Galerias, Pista, Rua Jaceguay… fora, dentro. Estou possuído, possesso, no lugar em q somos posseiros, nós todos agricultores do Teat(r)o.

Seja no Palco Italiano, na Novela d TV, no Cinema, ou na Pista do Teato, tenho certeza q vamos ter 90 minutos de Gozo.

Só peço, não me deixem passar deste tempo.

Faz parte do Jogo: só 90

Mas desta vez: quem puder pagar, pague, 25R$ estudantes, 50 inteira, y quem quiser pagar mais, aceito sem léros.

Paguem pra estar lá pra sí, ou pra quem não tem dinheiro.

A Graça do Jogo é o Poder da Bilhetería do Teatro pagando Zé Celso.

Em mim, o Desfile de Mangueira insPíra. Ondas gravitacionais deixadas no Cosmos pela Estação Primeira y pela deusa Maria Bethânia, vão nesta Noite de Xamanismo Teat(r)al estar movendo a roda viva da vida

 

TyZÉRIAS

 

MERDA

Anúncios
1 comentário
  1. Kadia de Freitas Ribeiro de Almeida Prado disse:

    É o seguinte, Zé! Vergonha é cobrarem de uma pessoa como você! Que dá o teu suor e saúde,a tua vida numa Uzina de entretenimento que hoje é, nada mais nada menos que o MAIOR TEATRO DO MUNDO, reconhecido lá fora porque aqui não tem o devido reconhecimento! Vou adorar te ver, Zé! Você e essa Companhia maravilhosa, com toda honra e pompa! TAMOJUNTO! Te amo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: