Dilma, demarque as terras do entorno do Oficina!

pra_dar_um_fim_11_maio_2

Nestes seus dias de Glória

Presidenta Dilma, Liberte o Teatro Oficina d 36 anos d Especulação Imobiliária q impede o desenvolvimento da continuação da Obra dos Arquitetos Lina Bardi e Edson Elito.

O Poder da Cultura do Teat(r)o Oficina nos seus 58 anos d Vida y Luta se dirige a este Governo Excepcional, re-iniciado dia 1º de Maio, e a sua Presidenta, pedindo publicamente a libertação da Tirania da Especulação Imobiliária q o estrangula há 36 anos.

 Maravilhosa Presidenta Dilma Roussef,

sua Extraordinária foto d Arte Xamânica, da Fotógrafa Dida Sampaio na Capa do Estadão de dia 4/5/2016:

Dilma queimando-se na Tocha Olímpica, recebida d suas mãos

pra incendiar o fogo dos atletas afetivos de todo Povo do Brasil

até às Olimpíadas, é uma Obra de Arte criada pelo talento d quem fotografou y pelo q passam todos os povos brasileiros vivendo

esta situação d

Golpe de Estado X Rebelião.

Ela se dá a inumeráveis interpretações,

muito mais q a Mona Lisa d da Vinci.

Pros Golpistas, é uma representação achatada da sua Vitória.

Mas são os mesmos Carrascos de Joana d’Arc

Julgando com o JUIZO D deus,

em nome d deus.

É o 2º Ato da mesma Foto da FarsaTragiCômicaOrgiástica, sua Jovem Dilma erecta, diante dos  militares envergonhados do AI 5, cobrindo seu rostos pra história.. .

E mais fotos virão Dilma

Re-Existida… daqui há 180 dias.

Ela não vai renunciar

assim como nós:

muitos, índios, operários, muitíssimos jovens, adolescentes, artistas, pessoas vivas, enfim q vão continuar a vida renascidos d uma re-Existência, em Rebelião à esta eleição Indireta, anti constitucional, baseada num Crime: um Golpe

q mais uma vez sairá à Caça dos Bodes Expiatórios.

Como bicho d Teat(r)o,  vejo o q está na cara:

a Cena Trágica Farsesca  estranhamente Heróica, sua Heroína Brasileira q finalmente

tem a Felicidade Trágica d fazer o Governo q desejava

y legisla à favor dos índios, do Povo,

(o q é o aumento do Bolsa Família, diante do aumento dos salários dos Juízes do STF?)

 

Sinto Dilma, desde o 1º de Maio,

Governando do jeito q sempre quis governar e não pode pelos bloqueios da Bancada do Boi, da Bala, e da Bíblia” ,etc…

dos gangesters Evangélicos:

Temer y Feliciano, q já se acordaram,

Caminhando felizes y “pacíficos’ pra uma Teocracia Plutocrata.

 

Por isso publicamente

Me dirijo à Você Dilma:

Mulher Presidenta

pra q se queime d vez

pois isso é q é re-Existir

se queimar pra Ressuscitar mesmo pra esta nova vida, viva, pra defesa dos dias q tem, com o fogo do povo q ama mais a liberdade imortal, a do fogo no corpo

q o Cálculo dos Produtos Sintéticos dos humanoides fabricados pelo  Mercado não estão aptos a praticar.

 Amada Dilma, Amado Ministro Zé Eduardo, q já me concedeu o Título de Cidadão Paulistano, lancem seu olhar para os 58 anos do Teat(r)o Oficina y Seu Entorno Tombado pelo Iphan, pelo texto-obra prima,  lei de sua atual Presidente Jurema  Machado, pra Criação d’uma Agora Pública de Teat(r)os em São Paulo, q xamo d SamPã!  

 Jurema Machado, Atual Presidente do IPHAN, EM 2010 representante da Unesco no Conselho deste Orgão , redigiu o régio laudo de Tombamento do Teat(r)o Oficina y seu Entorno.

Complete Presidente esta ação vigorosa pro Poder Cultural, demarcando as Terras do Entorno do Teatro Oficina, transformando-as em Terras Públicas e Culturais.

É uma luta coletiva de mais de 36 anos com o Grupo Silvio Santos.  O Proprietário do Terreno do Entorno do Oficina, Silvio Santos, quando do Tombamento do Iphan em 2010, propôs sua Troca por um Terreno no mesmo valor. Numa luta Coletiva apoiada pelo Público, muitas Pessoas do Poder Público: da Secretaria do Patrimônio da União, do Ministério da Cultura como Juca Ferreira, da Prefeitura de São Paulo, d sua Secretaria de Urbanismo, Secretaria da Cultura, Compresp, coseguiram um Terreno para esta troca.

A  Apoteose desta Troca, se o pouco tempo permitir, ou a  Desapropriação do Terreno Tombado do Entorno do Oficina, não somente pelo IPHAN, mas pelo CONDEPHAAT, Órgão de Proteção do Estado de São Paulo, na gestão do Geografo Azis Ab Saber,João Carlos Martins y Flávio Império. Sua desapropriação pelo Governo Montoro, pra proteger o Teat(r)o Oficina da ameaça da Especulação Financeira Imobiliária, irá coroar  todas atuais iniciativas populares q a Presidenta Dilma está tomando agora,

empoderando o PODER HUMANO q é o PODER CULTURAL

O  Teat(r)o Oficina Uzyna Uzona  reitera, q entre suas Magníficas Ações nestes belos dias históricos de sua gestão, inclua o Poder da  Cultura, libertando da Especulação Financeira as Terras Tombadas do Entorno do Teat(r)o Oficina, pra realização de uma Ágora aberta para um Corredor Cultural d muitas Casas de Cultura do Bairro do Bixiga, até o Centro de São Paulo.

O texto foi  lido na última quinta (5), durante o debate Precisamos falar de política, que aconteceu no Teat(r)o Oficina, com Ciro Gomes, Claudio Prado e Djamila Ribeiro, para o Apoio do Ato para sua urgência.
Pra acompanhar o PROCESSO TROCA DO TERRENO – ANHANGABAU DA FELIZ CIDADE
Anúncios
2 comentários
  1. Comunista de merda, o país de ponta cabeça e vc pensando em seu umbigo. Vai pra Venezuela cheirar o cú do Chávez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: