Público ADourado: Voz Ativa no Brasíl

Bacantes … como gostamos …

 

4 Celebrações TragiCômicOrgyásticas

d’um ano em q Gentes

do Povo Índio

na Luta q  re-Sagra a Terra,

com os  Sem Terras,

com os Povos Sem Medo Sem Tétos,

com os de todas as Mídias Livres desta Edade,

dos Operários d Tarsíla,

dos desclassificados de todas as classes,

médias, altas, gente simplesmente gente,

inspiraram Artistas de Todas as Artes  

a parir o q estava latente y veio vindo à Luz,

respondendo desde o Impeachment, aos Golpe$ dos Pentheu$ q não sabem das coisas, nem de $í.

No q Golpearam o Teatro Oficina y seu Entorno Tombado com o 1º  Golpe no Órgão d Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico y Turístico do Estado de São Paulo os Artistas, pariam os 1ºs Frutos já latentes q trariam a Primavéra Cultural  d 2017.

Este Golpe aconteceu numa segunda feira, dia seguinte do 2º Espetáculo de Estréia Triunfal d “O Rei da Vela” ,

Oswald de Andrade sempre surge nestes momentos da Terra em Transe terremotiando, juntando todos bichos humanos artistas.

Chico Buarque liberou “Roda Viva”

Fernanda Montenegro nossa Rhéia, Mãe d Zeus , Avó de Dionísios, emocionada, Xamã Teatral já tinha proferido a palavra mágica: “desacovardamento” y me falado: “eles não sabem onde estão se metendo”;

Caetano proibido d fazer Show no Acampamento dos Sem Teto em São Bernardo, no mesmo dia, encontrou-se com o Povo Acampado, Corpo a Corpo, Na Véspera da Caminhada Épica até o Palácio do Governador,

depois fundiu esta Aliança d Ouro com os Artistas y o Povo Sem Mêdo.

Caetano, Paula Lavigne, Sonia Braga, Criolo, Maria Gadú  y todos os Presentes ao Vivo ou na Rêde Re-Sagraram o Largo das Batatas.

No Domingo de Festa no Parque do Bixiga, dia 26 d Novembro a Cerimônia Ecumênica deu Início a ManiFestação Livre

Peripatética, Caminhante até o TBC

onde Renasceram seus Artistas, lutando à favor d sua existência fora das Privatizações Mercantís y depois abraçaram todo Quarteirão do Parque do Bixíga.

Diante destes Movimentos, nós do Oficina decidimos q as  Festas q Precedem a Passagem d Ano poderiam dar continuidade à Primavera Virada Verão. BACANTES foi a escolha das 2 Companías da Associação Teatro Oficina Uzyna Uzona, q Xamamos em língua do deus do Teatro de TYAZO: os q já ensaiavam os COROS d “RODA VIVA” y os q tinham feito a 1ª Temporada de “O REI DA VELA 2017” pra 2018.

Decidímos, pelo Sucesso q há Milênios recria os Coros Dionizíacos da Origem do Teatro pra Ethernidade Terrena: “Bacantes 2017-2018” q abre as Celebrações:

– dia 23, às 14 :30h – 30 Anos da Ethernidade do Grande Artista Luis Antônio Martinez Corrêa, meu colega Irmão, no Esplendor d sua Arte, assassinado com 107 facadas, tendo seu Corpo Velado no dia de Natal no Rio de Janeiro y enterrado em Araraquara.

Eu desejava dedicar-me inteiramente aos 30 anos da Ethernidade d Luis.

Pra Estréia d “Macumba Antropófaga”escolhemos dia 24 d Junho, aniversário de 67 anos d Luis y d meu amado irmão João BatistaNoite d Natal no Hemisfério Sul.

Eu comecei as comemorações do nascimento, Ressuscitando-me  vestido com o Figuríno d meu irmão em seu Musical Brasileiro nº 2, mas cantando os versos d Maiakoviski em seu Poema “Amor” incluídos em sua montagem d “O Percevejo” musicado por Caetano Veloso.

Eu projetava pros 30 anos dia 23, uma montagem desta peça. Mas vem a Roda Viva da Felicidade Guerreira da  Primavera Cultural y nós decidímos cantar em CORO com Todo Público nesta Tarde, Ressucitando-nos Juntos em Maiakoviski-Luis  pra Felicidade Guerreira d uma Primavera já no Verão q nos quer mais q nunca “atentos y espertos, sem medo d temer a morte”.

No Natal na Terra do Hemisfério Sul, dia 24 d junho, nascimento d Luis, dia d São João, gozamos este outro Natal q vem do Hemisfério Norte.

– Depois das farras q todos vamos fazer com nossas amizades douradas de 24 pra 25, o almoço com a Família, na noite do dia 25, às 18h, a Família TransFormando-se, reencontra-se na Fraternidade Erótica dos q tem o pai pelos menos como o universo, y a mãe no mínimo como a terra encontra-se  renascendo com DIONÍSIOS y  “BACANTES” no TERREIRO ELEKTRÔNICO DO TEATRO OFICINA PARQUE DO BIXIGA VIRADO CYTERRÃO DIONIZÍACO.

-No Sábado dia 30, às 17h, Celebramos assim também com os q vierem, o penúltimo dia do Ano.

-Y No Domingo Último dia do Ano, 31, às 17h, “BACANTES” nos leva

Baqueados pra um 2018 d VITÓRIAS da PRIMAVERA NO VERÃO.

Os q virão passar em cada uma destas  Celebrações conosco até o Reveillons: Decorem estes versos q cantamos no 2º Ato, nas 4 Comemorações com diferentes Públicos:

“qual é o mais lindo presente

q os deuses dão pros mortais

o q é mais Lindo?

é o q é mais Amigo

ter a Cabeça do Inimigo nas mãos

y a sabedoria d Tocar

pra Êle ver d pé

a nossa Vitória!

 

SamPã,

Paraíso,

Teatro Oficina Parque do Bixiga

32 Anos da Leitura Encenada de

“O Homem e o Cavalo”

de Oswald de Andrade  com um Elenco 150 Artistas

d Todas Gerações , Celebridades y Coros

finalizando uma Produção do Grande Ator Sérgio Mamberti de Muitas Peças Proíbidas pela Ditadura $ifíl Militar, em muitos Teatros y com Muitos Elencos.

17 d dezembro d 2017

Dionísios o deus d Todos os Teatros y do Vinho Xama

EVOÉ

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: